Confraternização marca encerramento do projeto Maturidade Aberta no semestre

Confraternização marca encerramento do projeto Maturidade Aberta no semestre

O projeto Maturidade Aberta: Ação Cidadã teve as suas atividades do semestre encerradas com uma confraternização entre pacientes do Programa Saúde da Família (PSF) dos bairros Boa Vista e Abolição, alunos, professores e profissionais da saúde, na tarde de hoje (26), no Centro Universitário do Planalto de Araxá (Uniaraxá).

Realizado através da parceria entre o Uni Sênior – Universidade Aberta à Maturidade do Uniaraxá e Secretaria Municipal de Saúde, o projeto foi implantado há nove meses e promove todas as quartas-feiras atividades sociais como terapia de grupo, dança, canto, alongamento, passeios pela cidade, dentre outras, aos pacientes dos PSFs Boa Vista e Abolição que estão acima dos 40 anos.

“A gente observa que o projeto só veio a acrescentar. Os pacientes tiveram melhora na capacidade de movimentação e em todos os aspectos cognitivos. Além disso, passaram a levar mais a sério as orientações médicas e tiveram melhoria na qualidade de vida”, destaca Olga Leite Rios, que coordena o projeto no Uniaraxá.

“Com certeza, o projeto é um sucesso absoluto. A gente vê a alegria nos olhos desses pacientes, coisa que não existia, e isso veio complementar não só a saúde física como a saúde mental. A nossa expectativa é que o projeto se estenda a todos os PSFs de Araxá (seis no total)”, acrescenta o fisioterapeuta Luiz Fernando Alves de Castro, que coordena o projeto nos PSFs Boa Vista e Abolição.

Para o paciente do PSF Boa Vista, José Carlos Maia de Almeida, 51 anos, diz que a participação no Maturidade Aberta: Ação Cidadã melhorou em quase 90% os seus problemas com depressão e estresse. “É um resultado muito positivo para mim. Antes eu ficava escondido em casa e agora sempre fico na expectativa de chegar o dia das atividades.”

Notícias relacionadas