Faltam poucos dias para o início das obras de revitalização do Centro

Faltam poucos dias para o início das obras de revitalização do Centro

O Projeto de Revitalização Urbanística e Arquitetônica da Região Central começa a ser executado em outubro. As obras serão iniciadas com a transferência das bancas de jornais e revistas do canteiro central da avenida Antônio Carlos para os espaços externos de empresas bancárias localizadas ao longo da avenida. O objetivo é entregá-la em dezembro de 2011, no aniversario da cidade.

O projeto do arquiteto Gustavo Penna que abrange toda a avenida Antônio Carlos e as duas primeiras quadras da rua presidente Olegário Maciel (antiga Boa Vista) terá um investimento da ordem de R$ 6 milhões, sendo R$ 3,6 milhões pela Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM) e R$ 2,4 milhões de recursos do governo federal.

A secretária municipal de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Parcerias, Alda Sandra Barbosa Marques, diz que expectativa é que a obra esteja finalizada em dezembro próximo. “Nossa intenção é que de entregar a obra para a comunidade no próximo ano, no aniversário da cidade, dia 19 de dezembro. Um dos destaques desse projeto é o teatro que será construído na área do antigo mercado municipal”, afirma.

“Um local que terá a capacidade para 400 pessoas e terá um palco giratório que permite eventos também na área externa. Será uma obra diferenciada, um espaço cultural como era o desejo de todos, que terá lugar para exposição de obras, dentre outros. Aquele local será um ponto de visitação de turistas, vai valorizar nossa cidade e nossa cultura”, destaca.

De acordo com ela, os eventos a serem realizados no teatro não vão prejudicar o atendimento do hospital que fica próximo ao local. “Os shows a serem realizados internamente não há problemas já que existe um sistema acústico que não vai incomodar ninguém. Já os eventos na parte externa não serão permitidos som muito alto, até mesmo porque não é esse o objetivo dos turistas que visitam nossa cidade”, diz.

“No projeto há também a preocupação com a questão dos banheiros públicos. Estamos estudando uma maneira de viabilizar aquele espaço abaixo da Câmara Municipal para ser construído esses sanitários públicos. É o local que consideramos ideal, mas existem outras possibilidades que podemos estudar”, explica.

Segundo Alda, as questões relativas ao transito também estão sendo resolvidas junto à Assessoria Municipal de Trânsito e Transportes (Asttran). “Atrás do antigo mercado municipal, na avenida Vereador João Sena e na avenida Antônio Carlos teremos pontos para o transporte coletivo urbano. Serão situações que já vão funcionar provisoriamente durante as obras e que será efetivado com o projeto de revitalização implantado. Tudo está sendo pensado para não termos qualquer problema de congestionamento, inclusive, já fizemos reuniões com todas as pessoas envolvidas para o assunto e não ter qualquer problema ou insatisfação.”

Ela explica que a revitalização da avenida Antônio Carlos vai permitir o estreitamento do canteiro central e uma ampliação das calçadas laterais. “O piso será todo alterado porque vamos padronizar toda a região central. Vamos plantar mudas de Pau-mulato, as mesmas da avenida Imbiara, já que elas possuem características de não ter folhagens baixas, o que permite uma visualização de toda a avenida e inibe a ação de vândalos”, afirma.

“As vias urbanas não terão mudanças significativas, apenas serão estreitados e vamos diminuir a quantidade de retornos até mesmo para melhorar o fluxo de veículos. Outra mudança importante é quanto a fiação subterrânea que também será feita na rua Olegário Maciel”, diz a secretária.         

Alda conta que várias reuniões estão sendo realizadas com os lojistas e empresários da rua Presidente Olegário Maciel para discutir o projeto. “O que está sendo proposto é a passagem para um carro, com baias para carga e descarga. Quem vai decidir são as pessoas envolvidas, será feita uma votação para que não haja qualquer injustiça. Vamos mostrar experiências de outras cidades que possuem o calçadão e as que possuem uma passagem para veículos. Só após apresentarmos esse estudo para os empresários e que o projeto será definido. Será uma transformação muito importante e necessária para o desenvolvimento turístico da cidade.”

A secretária esclarece que será feito um eixo turístico ligando a Igreja Matriz de São Domingos ao Parque do Cristo. “A reforma da Matriz está em andamento, inclusive as pessoas têm elogiado bastante a iniciativa e já notado algumas mudanças. As obras de reforma do Parque do Cristo também começaram, mas está havendo alguns problemas que não estavámos esperando e que vai encarecer a obra, mas estamos estudando algumas alternativas e a reforma será dado sequência em breve’, ressalta Alda.

Galeria

Avenida Antônio Carlos

Rua Presidente Olegário Maciel

Notícias relacionadas