Sem apoio da prefeitura, coordenação da Campanha de Medula ??ssea tem dificuldades

Sem apoio da prefeitura, coordenação da Campanha de Medula ??ssea tem dificuldades

Acontece neste fim de semana em Araxá a segunda Campanha de Captação de Doadores de Medula Óssea, em parceria com o Hemonúcleo do Hospital de Câncer de Barretos (HCB). Na cidade, são 19 pessoas esperando por um transplante e sem o apoio prometido pela Secretaria Municipal de Saúde, a coordenação da Campanha enfrenta dificuldades, mas vai realizar a ação de qualquer maneira.

Segundo a coordenadora Soraia Amaris Caixeta, a Secretaria Municipal de Saúde tinha se comprometido em ajudar nos trabalhos de captação de doadores. Entretanto, na tarde de ontem (15), o município voltou atrás e ela foi encaminhada para o prefeito Jeová Moreira da Costa, que não lhe atendeu, mas alegou, por meio de sua assessoria, que não teria verbas para o auxílio e que se apoiasse todos os eventos a prefeitura quebraria.

A administração iria ajudar com alimentação e hospedagem das 20 pessoas que virão de Barretos para a campanha, com duas tendas e água mineral. Sem a sensibilidade da administração, o Hotel Cidade do Sol cedeu as hospedagens. A coordenadora afirma que está em busca de parceiros para conseguir as estruturas.

Segundo o secretário Antônio Marcos Belo, o evento coincidiu com as comemorações de fim de ano, o que dificultou a parceria do município com a campanha. Ainda segundo Antônio Belo, haverá uma reunião na tarde desta quarta-feira (16) para tentar rever o apoio.
 
Em 2007, foram cadastrados 1,8 mil doadores e a intenção dos organizadores é ultrapassar este número. Nove delas se mostraram como possíveis doadores. 

O objetivo é conscientizar a população sobre a importância desta doação e também de aumentar o número de doadores, que fará parte do Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea (Redome). A campanha também se estende para a região.

Estima-se que no Brasil haja 2,5 mil pessoas precisando do transplante e 1 milhão estão cadastradas no Redome.

Programação

– Amanhã (17), às 15h, no Expominas, haverá uma concentração e será dado o início a uma carreata como marco inicial da campanha. As pessoas interessadas em participar podem comparecer com seus carros, motos ou bicicletas, de preferência enfeitados em vermelho.

– Dias 18 e 19 de dezembro, as equipes estarão na Praça Governador Valadares e no Supermercado Bernadão para cadastrar doadores e realizar a coleta, das 8h às 17h.

Para ser um doador

– A pessoa deve ter entre 18 e 55 anos e estar em boas condições de saúde.

– Preencher um cadastro com seus dados completos e endereço.

– Coletar uma pequena amostra de sangue (10 ml) para um teste, identificando a tipagem genética, que se chama HLA.

â–º Saiba mais

Notícias relacionadas