Super banner

Uniaraxá desmente aluguel de R$ 250 mil por mês por espaço cedido à Escola de Aplicação

Uniaraxá desmente aluguel de R$ 250 mil por mês por espaço cedido à Escola de Aplicação

Da Redação – Em nota encaminhada sobre o aluguel de R$ 250 mil por mês para abrigar a Escola Municipal de Aplicação Lélia Guimarães nas dependências do Uniaraxá, anunciado pelo prefeito Jeová Moreira da Costa na última sexta-feira (3), a Pró-Reitoria de Adminstração e Planejamento afirma que o valor na verdade é referente a um convênio semestral firmado no primeiro semestre de 2011. A instituição disse ainda que há cerca de cinco anos não há qualquer remuneração pela utilização do espaço.

Confira a nota na íntegra

A Escola Municipal de Aplicação Lélia Guimarães (EMALG) está no Uniaraxá há muito tempo. Há cerca de cinco anos não há qualquer remuneração pela utilização do espaço – em que já estudou quantidade muito maior de crianças que a indicada (280).

O Conselho Diretor da Mantenedora do Uniaraxá (Fundação Cultural de Araxá) entendeu por bem negociar um valor de aluguel por essa utilização e oficiou a Prefeitura, que se manifestou pela retirada das crianças daqui, antes mesmo de iniciarmos o processo de negociação propriamente. Em decorrência disso, já estamos disponibilizando o espaço para outros fins, pois teremos a ociosidade durante o dia.

Em 2010 foi firmado convênio com a Prefeitura de Araxá para o funcionamento do Tempo Integral da própria EMALG. Foram atendidas 120 crianças, em plena utilização das instalações do Uniaraxá.

No 1º semestre de 2011 ainda acolhemos essas crianças. Para o 2º semestre de 2011 o Prefeito decidiu levar essas crianças para o CSU e deixar de arcar semestralmente com o valor anteriormente acordado, de R$ 250.000,00. A confusão pode estar aí; o valor não tem qualquer relação com aluguel por conta da EMALG.

Prof. Naldo Ferreira Alves

Pró-Reitor de Planejamento e Administração

Notícias relacionadas