Super banner

CBMM e Echion anunciam parceria para construção de nova planta de óxidos de Nióbio para baterias em Araxá

CBMM e Echion anunciam parceria para construção de nova planta de óxidos de Nióbio para baterias em Araxá

A Echion Technologies, empresa reconhecida por suas inovações no segmento de baterias, e a CBMM, líder global na produção da tecnologia do Nióbio, anunciaram uma parceria de longo prazo. O acordo prevê a construção de uma nova fábrica de óxidos de Nióbio na planta da CBMM em Araxá, Minas Gerais, com capacidade de fornecimento de 2.000 toneladas/ano.  O material será aplicado na tecnologia exclusiva da Echion chamada XNO®, que utiliza o óxido de Nióbio no ânodo das células das baterias, promovendo benefícios como segurança, carregamento ultrarrápido e maior vida útil.   

A nova planta, com inauguração prevista para o início de 2024, terá capacidade para fornecer material equivalente a 1GWh de produção de células de bateria, o que posiciona a Echion como a primeira no mercado a garantir o fornecimento comercial de células de baterias com ânodo à base de Nióbio e permitirá atender à crescente demanda por eletrificação.  

O material para ânodo à base de Nióbio da Echion, oferece às baterias de íon de lítio alto desempenho para aplicações industriais, comerciais e de alto valor agregado que exigem maior tempo de atividade, alta performance e menor custo total de propriedade. O XNO® permite que as baterias de íons de lítio sejam carregadas com segurança em menos de 10 minutos, mantendo alta densidade de energia mesmo em baixas temperaturas e fornecendo alta potência por mais de 10.000 ciclos. As aplicações do XNO® incluem trens híbridos e elétricos, caminhões de transporte de mineração, ônibus de alta demanda e veículos de entrega, bem como aplicações no automobilismo e na indústria espacial.   

A parceria entre Echion e CBMM visa dar segurança aos fabricantes de células e montadoras em relação a disponibilidade de suprimento em larga escala e alta qualidade de material ativo de ânodo a base de Nióbio para baterias de íons de lítio.  

Jean de La Verpilliere, CEO da Echion, diz: “Estamos muito satisfeitos em anunciar a assinatura do acordo com nossa parceira CBMM. Isso representa o próximo passo em nosso relacionamento de longo prazo com a CBMM e nos permitirá atender à enorme demanda global por nossos materiais de ânodo de bateria de carregamento rápido, econômicos e seguros. A parceria estratégica entre a Echion e a CBMM vai trazer um impacto significativo na construção de um futuro elétrico sustentável e eficiente.”  

Com a estratégia de ter 25% de sua receita proveniente de produtos não siderúrgicos até 2030, a CBMM investirá US$ 80 milhões na expansão de toda a sua linha de produção de óxidos de Nióbio, que incluirá esta nova planta. O investimento permitirá a produção total de 3.000 toneladas de óxido de Nióbio para baterias em 2024 para aplicações em tecnologias de carregamento ultrarrápido e seguro, de alta potência e longa vida, seguindo a megatendência global de eletrificação. Este investimento está em linha com o plano estratégico de crescimento da CBMM para atingir a capacidade de 40.000 toneladas de óxido de Nióbio em 2030.  

Rogério Marques Ribas, Head de Produtos de Baterias da CBMM, reforça: “Em 2021, a CBMM investiu na Echion por meio da nossa área de Novos Negócios, e esta nova parceria está alinhada ao plano estratégico de crescimento da empresa, que tem o Programa de Baterias como um dos pilares para a diversificação de negócios seguindo a megatendência global de eletrificação. Estamos orgulhosos com a validação da tecnologia do Nióbio como solução para os desafios dessa indústria e por estarmos dando mais um passo na cadeia de suprimentos, aproximando-nos do momento em que teremos produtos em larga escala disponíveis no mercado.”  

Sobre a Echion Technologies LTD

Após 6 anos de desenvolvimento, a Echion (Cambridge, Reino Unido) tem o orgulho de lançar seus materiais de ânodo XNO™, agora disponíveis em escala para fabricantes que buscam construir células de íons de lítio com liderança de mercado, segurança, ciclo de vida e capacidade de carregamento rápido. Os materiais Echion XNO™ são baseados em composições proprietárias de óxido de Nióbio e projetos de micropartículas protegidos por 13 famílias de patentes internacionais e agora estão sendo ampliados para a escala de produção de milhares de toneladas/ano.  

Nossa tecnologia diferenciada ajuda os fabricantes de células a obterem uma vantagem técnica e comercial em mercados de alto valor e crescimento rápido, onde os usuários finais exigem segurança, baixo custo total de propriedade e combinação de desempenho exclusivo oferecida por nossos materiais de ânodo XNO™. Isso inclui os mercados de mobilidade elétrica industrial e comercial: ferroviário, marítimo, AGVs, caminhões de mineração e outros veículos fora-de-estrada, ônibus elétricos com carga de oportunidade e outras frotas de veículos elétricos de alta utilização. Nossos materiais também fornecem uma proposta de valor única para o mercado de microbaterias e aplicações específicas para os mercados de ESS, automobilismo e hospitalar.

 Para saber mais sobre os materiais de ânodo à base de Nióbio da Echion, visite: https://echiontech.com/  

Sobre a CBMM

Líder mundial na produção e comercialização de produtos de Nióbio, a CBMM possui mais de 400 clientes, em 50 países. Sediada no Brasil, com escritórios e subsidiárias na China, Países Baixos, Singapura, Suíça e Estados Unidos, a companhia fornece produtos e tecnologia de ponta aos setores de infraestrutura, mobilidade, aeroespacial, saúde e energia. Em 2019, investiu na 2DM, empresa dedicada ao Grafeno e, em 2021, nas startups Echion e Battery Streak. Os investimentos visam novos desenvolvimentos em materiais para baterias de íons de lítio. Desde a sua fundação, a CBMM desenvolve projetos no Brasil e em diversos países do mundo para fomentar a adoção de materiais avançados com Nióbio por diversas indústrias. Para mais informações, visite o media center.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *