Dois homens são presos por associação ao tráfico; confira as ocorrências

Dois homens são presos por associação ao tráfico; confira as ocorrências
Foto: Polícia Militar

Na quarta-feira (23), por volta das 17h, a Polícia Militar (PM) realizava patrulhamento pelo bairro Santa Rita, quando se deparou com um homem de 27 anos que tem diversas denúncias relatadas aos contatos da polícia referentes ao envolvimento com o tráfico de drogas.

De imediato, o suspeito foi abordado e durante buscas pessoais os policiais encontraram duas buchas de maconha e dinheiro que estavam nos bolsos dele.

Em continuidade à ocorrência, os policiais militares se deslocaram à residência do autor, na avenida Prefeito Aracely de Paula, onde também durante buscas encontraram objetos utilizados na preparação de drogas, uma balança de precisão, um celular e 500 g de maconha.

Durante verificação do aparelho celular do suspeito, os policiais militares acharam diversas mensagens de outro homem de 31 anos que tratava da negociação e encomenda de drogas.

Este autor também tem diversas denúncias relatadas e o mesmo foi localizado em seu estabelecimento comercial. Lá os policiais encontraram no seu veículo alguns pinos contendo cocaína e dinheiro. Já na casa dele foram encontrados mais pinos com cocaína e um pacote contendo a mesma substância.

Diante o exposto, os dois suspeitos foram presos em flagrante delito pelo crime de associação para o tráfico de drogas e, juntamente com o material apreendido, foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil para as providências cabíveis.

Depósito é arrombado e furtado

Na quarta-feira (23), por volta das 7h, a Polícia Militar (PM) compareceu à avenida Prefeito Aracely de Paula, onde um proprietário de um depósito relatou que o seu estabelecimento foi arrombado e diversos objetos foram furtados, entre eles, baterias para veículos, máquina de solda, furadeira, lixadeira e pulverizador costal.

Rastreamentos estão sendo realizados na tentativa de identificar e prender o autor. A população também pode denunciar por meio dos telefones 190 e 181.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *