Super banner
Super banner

Lideranças e entidades debatem ações conjuntas para biênio

Lideranças e entidades debatem ações conjuntas para biênio

O debate de propostas e elaboração de um plano de ações integrado em prol do desenvolvimento de Araxá em vários setores conduziram reunião realizada na noite de segunda-feira, 27. O anfitrião Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), se reuniu com o Sindicato do Comércio de Araxá (Sindicomércio), Serviço Social do Comércio (Sesc), Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), Serviço Social da Indústria e Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Sesi/Senai) e Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Inovações Tecnológicas.

As lideranças e entidades atuantes em Araxá apresentaram diretrizes do trabalho, de forma a estabelecer parcerias para o biênio 2017 e 2018. A iniciativa foi do Sindicato do Comércio de Araxá e contou também com a presença da Associação Comercial e Industrial de Araxá (ACIA).
A secretaria de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Inovações Tecnológicas foi representada pelo secretário Geraldo Lima Júnior, que na companhia da Superintendente de Turismo Regia Cortes, destacou a necessidade de estabelecer metas em conjunto ou alinhadas com os representantes das entidades do Sistema S. Ele acrescenta que o encontro é de grande valia para gerar empregos e divulgar Araxá.

“Essa reunião demonstra o empenho e entusiasmo com que as entidades estão se propondo a participar desse debate. É importante para a cidade, o desenvolvimento econômico e turístico, um novo departamento que estamos criando na Secretaria, que é Inovações Tecnológicas. Avalio que é de suma importância esse encontro, também haja vista que as entidades estão comparecendo com comprometimento, e quem ganha é a população de Araxá. Tudo que está sendo discutido se reverterá em geração de empregos, desenvolvimento de novas tecnologias e um eixo avançado para o turismo da cidade”, afirmou.

O presidente do Sindcomércio, Rodrigo Natal Rocha, afirma que era antigo o anseio por uma reunião entre lideranças e entidades de Araxá. A discussão e apresentação de propostas, segundo ele, se faz fundamental para definir um plano de ações conjuntas para o biênio.
“A idéia é que cada entidade apresente suas ações e projetos para este ano e ano que vem, caso tenham. Nós do Sindicomércio apresentamos planos de ações para aumentarmos nossa base para mais sete cidades, ações para regularizar os feriados municipais e várias ações em parceria com o Sesc para trazermos mais carretas no modelo da OdontoSesc e outras questões que serão discutidas”, disse.

Com atuação em 10 municípios da microrregião de Araxá, o Sebrae destaca que muitas das vezes as lideranças trabalham de forma isolada, sem ver o real contexto e necessidades da população. Para o analista técnico, Alessandro Henrique de Souza, a reunião auxilia neste impasse. As metas do Sebrae incluem um trabalho com foco em contextos socioculturais e econômicos da região.
“Temos duas linhas de atuação. Uma é a tradicional: a capacitação do empreendedor e empresários e o desenvolvimento do empreendedorismo. A outra vertente é a que olhamos para o território, começamos a observar as características, desenvolvimento econômico, capital empreendedor, governança e vocações. A partir disso, convocamos também a comunidade para construirmos um plano de desenvolvimento conjunto”, destacou o analista técnico.

A educação também teve voz no encontro, principalmente, pelo trabalho desenvolvido pelo Senac. A gerente regional do Triângulo Mineiro, Cintia Gomes Costa e Silva, afirma que o planejamento da instituição evidenciará ainda mais as parcerias. Para ela, o evento destaca o quão primordial é o envolvimento para dar continuidade aos trabalhos iniciados, independente das instituições.
“O que acredito ser mais importante deste evento é mostrar que todos estão juntos. O objetivo é um só: o desenvolvimento de Araxá. Isso perpassa pelo nosso negócio, que é educação. As ações estão dentro do nosso planejamento e ganham força com parcerias com Prefeitura e Sindicomércio, são ligadas à capacitação da comunidade com palestras, workshops, cursos, inclusive gratuitos”, disse a gerente regional.

O gerente regional do Sesc, Rafael Tannus Moreira, destacou o perfil das entidades atuantes em Araxá de pensarem coletivamente. Na opinião dele, o Sesc soma com suas propostas, principalmente, na oferta de serviços que proporcionam boa fama para Araxá.
“Começamos a colocar algumas ações mais pontuais, que tem interesse em comum com o Sindicato, e são nas áreas de cultura, educação, saúde e lazer. Araxá é um ponto de confluência de turismo, eventos e o nosso Sesc acaba tendo essa referência de divulgação na região. Acho interessante essa pró-atividade das instituições, essa organização que é muito peculiar de Araxá. É um movimento muito saudável que otimiza recursos, tempo e traz para a sociedade um leque de possibilidades que uma instituição só talvez não conseguiria”, explicou.

Notícias relacionadas

Inscreva-se
Me avise:
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Mostrar todos os comentários
0
Deixe seu comentário para essa notícia!x