Super banner
Super banner

Mulher acusa marido de querer matar vereador Professor Cachoeira

Mulher acusa marido de querer matar vereador Professor Cachoeira

Faca apreendida; vereador Professor Cachoeira - Fotos: Willian Tardelli e Ascom Câmara

Um homem foi preso na manhã deste domingo acusado de ter intenção de matar o vereador Carlos Alberto Ferreira, o Professor Cachoeira (PDT). A Polícia Militar (PM) recebeu uma ligação via 190 por uma mulher identificada como M.A.S., esposa do autor, relatando o fato.

Segundo a ocorrência, ela relatou que o marido saiu de casa por volta das 8h30 com uma faca embrulhada em um jornal dizendo que iria matar um vereador da cidade.

Os militares realizaram rastreamentos, mas o suspeito só foi encontrado duas horas depois já de volta em sua casa, onde também localizou a faca embrulhada em um jornal dentro de um guarda-roupas no interior da residência.

O suspeito alegou para militares que está desconfiado que o vereador estaria ‘andando’ com sua mulher. Professor Cachoeira foi localizado e comunicado do fato, sendo o mesmo solicitado a comparecer na Delegacia de Polícia Civil, porém o mesmo disse que não poderia comparecer naquele momento por estar em um evento esportivo (Corrida Internacional de São Domingos, no qual é um dos organizadores em parceria com a prefeitura).

Diante do fato, o suspeito, juntamente com a faca, foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil para as demais providências.

Professor Cachoeira nega envolvimento com mulher

O Diário de Araxá entrou em contato com o vereador e ele negou envolvimento com a mulher. Segundo Cachoeira, o homem que o acusou ligou para ele nesta segunda-feira (2) se retratando e pedindo desculpas pelo ocorrido. O vereador disse que está tranquilo quanto ao caso já que a própria mulher acusou o marido pelo este delito.

Notícias relacionadas