Super banner
Super banner

Polícia Militar prende autor de tentativa de homicídio contra amigo

Polícia Militar prende autor de tentativa de homicídio contra amigo

Ocorrências

No dia 21 de janeiro de 2014, por volta de 11 horas, a Polícia Militar compareceu a Rua José Ribeiro, bairro Padre Alaor, onde segundo informações havia dois homens brigando na via pública e que um deles estaria com duas facas na mão. No local os policiais depararam com o autor E.G, 31 anos, segurando uma faca em cada mão, tentando atingir o senhor A.F, 32 anos que se esquivava dos golpes. Mesmo com a presença da PM e com a ordem para que ele soltasse as facas, o autor lançou uma delas em direção ao homem de 32 anos, passando bem próximo ao seu abdômen.

Em seguida os policiais conseguiram desarmar o autor e algemá-lo. Segundo a senhora M.R, 58 anos, mãe do autor, ele estaria com abstinência de drogas (crack) apos ter passado por tratamento de recuperação de vicio de uso de drogas por seis meses o qual saiu a aproximadamente vinte dias. A mulher disse ainda que pela manha, ele queria dinheiro para comprar um celular e, como ela negou, ele a pegou pela gola da blusa, como se fosse enforcá-la, e disse que ela iria ver com ele, pois iria cometer uma tragédia em casa. Devido a agressividade do filho, a mulher saiu de casa e ligou o homem de 32 anos, amigo dele, para ajudá-la. Segundo o amigo, ao chegar na casa o autor já jogou pela janela contra ele um vaso de planta cheio de pedras, não o atingindo, pegando as facas em seguida e disse que iria lhe matar, tendo efetuado vários golpes, mas que devido as esquivas, não foi atingido. O amigo tentou se defender com um bastão, porém não conseguiu desarmar o autor.

Diante dos fatos o autor foi preso e conduzido a delegacia juntamente com o homem de 32 anos, para maiores esclarecimentos.

POLÍCIA MILITAR PROCURA AUTOR DE AMEAÇA A FUNCIONÁRIAS DE LOJA

No dia 21 de janeiro de 2014, por volta de 12 horas, a Polícia Militar compareceu a uma loja de telefonia celular na Rua Capitão Izidro, Centro, onde segundo uma funcionária, durante seu trabalho, chegou na loja um cliente não identificado, que estando bastante agressivo, exigiu a resolução de seu problema em relação a uma conta telefônica. A funcionária disse ainda que o homem gritou e proferiu graves ameaças de morte contra ela e demais funcionarias da loja, havendo intervenção de terceiros para conte-lo. Em seguida homem saiu do local dizendo que iria ao PROCON e se não resolvesse seu problema, retornaria para quebrar tudo e matá-las. Os policiais realizaram buscas, porém o autor não foi localizado.

Os policiais confeccionaram o boletim de ocorrência para as providências cabíveis.

POLÍCIA MILITAR PROCURA DE ROUBO A COMÉRCIO

No dia 21 de janeiro de 2014, por volta de 14 horas, a Polícia Militar compareceu a um comércio na Rua Alexandre Gondim, Centro, onde segundo uma senhora de 81 anos, ela estava trabalhando em seu comércio quando adentrou ao local um cidadão magro, jovem, moreno claro, estatura mediana, trajava vestes escuras, usava boné e óculos escuros e em uma ação rápida aquele meliante sacou de uma arma de fogo tipo revolver calibre. 38 e anunciou o assalto, levando do caixa cerca de R$ 200,00 em dinheiro e um pacote de moedas em diversos valores, não sabendo precisar o montante subtraído.

A senhora disse que ficou nervosa e não percebeu o itinerário de fuga do ladrão, acionando a PM somente alguns minutos depois. Os policiais realizaram rastreamentos, porém o autor não foi localizado.

Polícia Militar procura autores de roubo a bar

Hoje (22), por volta de 02 horas, a Polícia Militar compareceu a um bar na Rua Argeu Alves da Costa, bairro Vila Silvéria, onde segundo o proprietário de 47 anos, estava sozinho no estabelecimento, sendo que após uma certa hora ele atende os clientes por uma pequena janela; que alguém solicitou que ele abrisse a janela, para atendimento e ao abrir, um indivíduo com um capacete na cabeça e uma touca no rosto, de posse de um revolver, sem maiores dados, disse para que a vítima lhe entregasse o dinheiro, que diante da ameaça, pegou uma pequena bolsa, contendo a quantia de R$ 5500,00 (cinco mil e quinhentos reais), que estava sob uma caixa e entregou ao autor, que este logo saiu em desabalada carreira.

A vítima não soube informar maiores detalhes do autor, porém disse que eram dois homens e que enquanto um cometeu o delito o outro ficou esperando. Os policiais realizaram rastreamentos, porém nenhum suspeito foi localizado.

Notícias relacionadas