Super banner
Super banner

Prefeitura expõe projeto do CT da Copa no Barreiro para a Codemig

Prefeitura expõe projeto do CT da Copa no Barreiro para a Codemig

Pesperctiva do CTS proposta pela prefeitura e pelo arquiteto Israel Alba Ramis - Foto: Jorge Mourão

Da Redação/Jorge Mourão – Surpreendente. Esse foi o tom após a apresentação do projeto do Centro de Treinamento de Seleções (CTS) na Estância Hidromineral do Barreiro, proposto pela Prefeitura de Araxá, para os diretores da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig) e comitiva de Araxá composta por vereadores, lideranças políticas, representantes comunitários e imprensa na sede da estatal, em Belo Horizonte.

Dentro de uma perspectiva arquitetônica moderna com cobertura em hexágonos inspirada em uma bola de futebol, arrojada e que não se limita a apenas um campo de futebol – há também quadra poliesportiva, piscina olímpica, academia, vestiários, centro de imprensa e outros -, o projeto assinado e exibido pelo arquiteto espanhol Israel Alba Ramis (EstudioAF/Madri), criado em apenas 15 dias, arrancou aplausos e elogios, e demonstra que Araxá não entrou na briga por acaso.

“Um dos principais objetivos do projeto é sem dúvida nenhuma uma interação estatística em torno do Barreiro, dando as condições de harmonia da natureza e da topografia muito singulares, e o projeto pretende dar uma resposta precisa e original. Com a experiência que temos na Europa em habitações de eventos desse tipo, o mais importante não é expressamente que sejam utilizados somente em dois meses quando estiver ocorrendo a Copa do Mundo, mas sim uma projeção de futuro para essa instalação, incorporando a cidade e deixando um legado para sempre”, afirma Israel.

Ele ressalta que a sua proposta segue o modelo de grandes clubes europeus e é perfeitamente compatível com o Brasil.

Consolidação

Com pouco menos de três anos para o maior evento do futebol, o momento agora é fortalecer ainda mais a união política que a cidade vive para que a parceria com a Codemig seja concretizada. Isso não será tarefa fácil, mas o presidente da estatal, Oswaldo Borges da Costa Filho, deixou boas impressões.

“O trabalho surpreendeu a todos, realmente a gente não esperava um trabalho feito com tanto carinho, tanta qualidade e com tanto planejamento. Realmente Araxá está de parabéns, o prefeito, os vereadores, enfim, todos que trabalharam no desenvolvimento desse projeto, principalmente o arquiteto Israel que veio dar uma contribuição muito grande”, destaca.

“Agora precisamos levar isso ao governador (Antonio Anastasia), realmente é um momento de austeridade, primeiro ano de mudança de governo, temos muitos ajustes a serem feitos, eu posso garantir que a Codemig é a Casa de Araxá em Belo Horizonte e eu teria a maior satisfação em ser o embaixador e levar esse assunto ao governador para vermos. Ainda é um estudo inicial para podermos ter uma ideia da dimensão de custos, e vermos a viabilidade total, quem sabe parcial. Enfim, é importante a gente ter mais dados para podermos analisar se poderemos desenvolver junto com Araxá esse grande projeto”, acrescenta o presidente.

Oswaldo afirma que o projeto for consolidado será mais um atrativo paraa Estância Hidromineral do Barreiro (que é propriedade da Codemig) em conjunto com o Grande Hotel e Termas.

“Seria mais um investimento e principalmente com a motivação da Copa do Mundo poderá ser um cartão de visita para o Brasil. Um projeto dessa qualidade é um orgulho e seria bem visto em qualquer país do mundo. A comunidade de Araxá pode se orgulhar de ter uma equipe tão competente em apresentar um trabalho tão bem feito”, ressalta.

Requisitos

Para o vice-presidente da Codemig, Antônio Leonardo Lemos Oliveira (Toninho), Araxá possui vários requisitos para receber uma seleção estrangeira durante a Copa.

“É uma vontade da cidade e essa presença da comunidade através do prefeito e vereadores é uma demonstração inequívoca de que um projeto dessa envergadura vai depender muito da participação de outros segmentos, inclusive do governo do Estado. Assim que o presidente da Codemig tiver oportunidade, vai discutir esse projeto com o governador do Estado. A Codemig tem o papel de trabalhar o fomento turístico em nossa cidade e desde que chegamos aqui foi pleiteamos a recuperação do Expominas, dentro de um novo conceito de espaço para negócios e eventos, e isso está sendo encaminhado em termos de anteprojeto”, afirma Toninho.

“Temos também a questão da recuperação externa do Grande Hotel que já foi aprovada, recuperação dos parques e jardins, e reforma da igreja e outras ações que eventualmente serão colocadas como demandas de nossa cidade, e hoje há uma nova que o prefeito e sua equipe apresentaram à Codemig”, acrescenta Toninho.

O deputado estadual Bosco também deu o seu destaque: “Ficamos surpresos! Realmente Araxá tem todas as condições de se tornar um centro de treinamento para a Copa do Mundo, e em um centro de treinamento moderno, arrojado, dessa magnitude, sem dúvida alguma Araxá estará recebendo uma grande seleção.”

Avaliação do Executivo

A secretária municipal de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Parcerias, Alda Sandra Barbosa Marques, afirma que a recente missão empresarial na Europa feita pela prefeitura em parceria com o Sebrae teve o propósito de buscar inovações para o desenvolvimento econômico e turístico da cidade.

“Conseguimos encontrar aquilo que estamos buscando e se for um projeto que a gente conseguir materializá-lo será de grande importância para a nossa cidade. Não será apenas um centro de treinamento, será um espaço multiuso, terá várias utilidades. Ele agrega o nosso turismo, agrega o Grande Hotel, agrega Araxá, incentivando outras modalidades de esportes. Temos tudo para buscar essa parceria e esperamos que a nossa maior parceira seja a Codemig”, destaca a secretária.

O prefeito Jeová Moreira da Costa diz que a comunidade de Araxá vem conquistando uma longa briga. “Foi um momento que fez parte da história de Araxá, estamos consolidando uma união política, é aquilo que a comunidade sempre brigou e pediu que existisse dentro dos atores políticos de nossa cidade. Nesse conjunto do deputado Bosco, do vice-presidente da Codemig, Antônio Leonardo, viemos fazer essa apresentação e esse projeto coloca Araxá na Copa de 2014. Estamos trabalhando isso juntamente com o governador Anastasia e ele me pediu para a gente colocar na Codemig toda a parte técnica”, afirma.

“Tivemos a felicidade de encontrar o arquiteto Israel em Madri e ele teve a felicidade de apresentar o seu projeto, que saiu além da nossa expectativa. Eu vejo que executando esse projeto com certeza teremos Araxá como centro de treinamento da Copa e vai deixar um legado para que a cidade possa ter um produto turístico esportivo de ponta”, ressalta o prefeito.

Entretanto, Araxá merece mais

Ao fazer uso da palavra, o presidente da Câmara Municipal de Araxá, Carlos Roberto Rosa, criticou a Codemig dizendo que há três anos a cidade não recebe um grande investimento pela estatal. “A Codemig tem um passivo muito alto com a cidade, são três anos que não há investimentos com a cidade, uma obra sequer. Quando se fala que vai fazer um trevo no Distrito Industrial, é obrigação do Estado, a estrada é estadual. O dinheiro de Araxá precisa ficar em Araxá e retornar para Araxá. Comprar televisão (para o Grande Hotel) e dar televisão usada para a Casa do Caminho significa muito pouco”, comenta.

“Não é porque o presidente do Tauá (grupo que administra o Grande Hotel) apoiou o governador que pode comprar televisão, reformar o grande hotel e esquecer-se das obras prioritárias para a cidade. Essa obra do campo é prioritária, a Codemig tem que ter uma participação efetiva, mas Araxá não pode viver como o Brasil viveu na época da Colônia quando se levava tudo para Portugal; a Codemig está fazendo a mesma coisa com Araxá, pega o dinheiro e não retorna nada. E quando vamos procurá-la falam que há outras prioridades, têm outras cidades. Araxá não é Minas Gerais, Araxá é a cidade que produz a riqueza da Codemig”, conclui o presidente da Câmara.

Além dos entrevistados, estiveram presente na audiência o diretor de Operações da Codemig, Marcelo Nassif, a ouvidora municipal Luzia Doralice Monteiro, os secretários municipais João Bosco Borges (Desenvolvimento Urbano), Andre Luis Sampaio Borges (Assuntos Jurídicos) e Francisco Carlos Antonello (Assessoria Especial de Gabinete), os vereadores Márcio de Paula, César Romero (Garrado) e Alexandre Carneiro de Paula, a diretora de Projetos da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social, Edna Castro, e o ex-prefeito José Duarte.

Notícias relacionadas