Projeto estimula hábitos alimentares saudáveis entre alunos da rede municipal de ensino

Projeto estimula hábitos alimentares saudáveis entre alunos da rede municipal de ensino

Fortalecer o desenvolvimento pleno das crianças por meio de hábitos alimentares saudáveis é o principal objetivo do projeto Alimentação Saudável nas escolas desenvolvido pela Prefeitura de Araxá, através do Setor de Projetos da Secretaria Municipal de Educação, em parceria com o Instituto Mosaic.

O projeto consiste em ações desenvolvidas junto aos alunos aonde aprendem de forma interdisciplinar sobre a importância da alimentação saudável, tanto para o crescimento físico, quanto para a aprendizagem. Eles têm acompanhamento técnico do Instituto Movere (parceiro do Instituto Mosaic) durante o desenvolvimento das atividades e, nas salas de aulas, os professores abordam de forma interdimensional e interdisciplinar as temáticas de cada ação.

O coordenador da Educação Integral, Germano da Costa Lemos, explica que a cada mês é estabelecido um tema central para o desenvolvimento das ações. Em maio o tema é “O Eu e o Estudo Antropométrico” para a valorização do indivíduo diante das suas práticas voltadas para a nutrição.

“Todas as medidas das crianças estão sendo tomadas e estão sendo avaliados os costumes alimentares e o acesso aos alimentos. Além disso, é desenvolvida uma vivência culinária com uma técnica de nutrição para sensibilização dos alunos para a necessidade de uma alimentação saudável. Dessa vez, eles fazem um sanduíche natural e o suco verde”, explica.

O tema central é trabalhado por todos educadores da educação integral, desde os laboratórios, até disciplinas curriculares, lazer e recreação. “No próximo mês, a ação prevista é voltada para o meio ambiente e a valorização do solo como origem dos nossos alimentos. Os alunos vão fazer hortas suspensas com o plantio de sementes em vasos, por meio de materiais recicláveis. O Instituto Movere fornecerá as sementes e substrato e assessoria técnica, através de parceria que também envolve o curso de agronomia da Uniaraxá”, complementa.

O projeto teve início em maio, tem duração de dois anos e vai alcançar 1.176 alunos da Educação Integral de 12 escolas de Ensino Fundamental, sendo 956 alunos são dos anos iniciais (1° ao 5° ano) e os demais são dos anos finais (6° ao 9° ano).

Segundo secretária Municipal de Educação, Zulma Moreira, essa é uma forma de acompanhar a relação do aluno com o alimento, se é de compulsão ou carência e, principalmente, se têm acesso a alimentos de alto valor nutricional.

“Assim a gente consegue até mesmo entender melhor o comportamento deste aluno e contribuir para o desenvolvimento de hábitos de alimentação saudável, valorizando o lanche servido nas unidades e as opções de melhoria na alimentação das crianças”, completa.

Notícias relacionadas

Inscreva-se
Me avise:
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Mostrar todos os comentários
0
Deixe seu comentário para essa notícia!x