Projeto Lian Gong oferece aulas gratuitas de ginástica terapêutica em Araxá

Projeto Lian Gong oferece aulas gratuitas de ginástica terapêutica em Araxá

Mais saúde, bem-estar e qualidade de vida. Buscando proporcionar os benefícios da ginástica terapêutica às pessoas, o pátio da Fundação Cultural Calmon Barreto (FCCB) recebe o projeto Lian Gong duas vezes por semana. A iniciativa é gratuita, aberta à comunidade e acontece em parceria com a Prefeitura de Araxá.

Técnica da medicina tradicional chinesa, o Lian Gong surgiu na década de 80. A prática proporciona benefícios aos praticantes, onde por meio de 18 terapias e de um trabalho de consciência e integração corporal é promovido o estímulo de músculos e articulações.

Em Araxá, o projeto é realizado desde 2005. De acordo com o médico reumatologista e coordenador Carlos Eugênio Parolini, a ideia surgiu da necessidade de promover às pessoas tratamentos alternativos contra dores musculares.

“Na prática do exercício, a gente trabalha praticamente todas as articulações. Trabalhamos a questão do alongamento e um pouco a parte mental, no sentido de relaxamento e diminuição do estresse. Junto com o movimento, foram agregados outros exercícios que são importantes para a região do timo e da amígdala, que são órgãos responsáveis pela imunidade e emoções”, explica.

Quem pode participar?

O Lian Gong pode ser praticado por qualquer pessoa a partir dos 8 anos de idade, com contraindicação para quem tem problemas graves de joelho e tornozelo, ou que não consiga ficar de pé por muito tempo.

Para quem tiver interesse em participar, basta comparecer na Fundação Cultural Calmon Barreto às terças e quintas-feiras, das 7h às 8h, e realizar a atividade.

Ao final, o participante deverá manifestar o interesse em ser incluído em um grupo de WhatsApp, utilizado para repassar informações sobre a rotina de atividades do projeto e orientações de exercícios.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *