Agride a amásia por causa de crack

Agride a amásia por causa de crack

Na noite de ontem (8), a Polícia Militar compareceu à rua Santo Antônio, bairro Santo Antônio e prendeu um homem que estava agredindo a amásia.

Os militares receberam denúncia anônima, a qual informava que na rua Santo Antônio havia um homem agredindo uma mulher. No local, os policiais se depararam com a vítima, uma mulher de 30 anos de idade, a qual relatou aos policiais militares que estava na companhia do autor, de 34 anos. Após fazerem uso de pedras de crack, entraram em discussão, pois ela estava com R$ 95, comprou R$ 40 em pedras de crack e gastou o restante.

O envolvido queria mais pedras de crack, e ao saber que ela havia gastado o restante do dinheiro, passou a agredí-la com socos e pontapés.

Os policiais militares prenderam o agressor em flagrante delito e o conduziu à Delegacia de Polícia Civil para as demais providências.  

Centro

Furto em interior de veículo

A Polícia Militar compareceu à rua Presidente Olegário Maciel, Centro, onde ocorreu um furto em interior de veículo, nesta terça-feira (8).

Segundo o solicitante, ele estacionou seu veículo e entrou em uma loja em frente, mas ele deixou o veículo com as portas destrancadas. Alguns minutos depois retornou e notou que haviam furtado sua carteira, na qual estava toda a documentação da vítima; vários cartões de credito e R$ 750 em dinheiro.

A Polícia Militar iniciou rastreamento para localizar e prender o autor, o boletim de ocorrência foi entregue à Delegacia de Polícia Civil para as demais providências.

Ana Pinto de Almeida

Adolescente apreendido por ameaça

Na tarde de ontem (8), a Polícia Militar compareceu à rua David Roberto de Rezende, bairro Ana Pinto de Almeida, e apreendeu um menor infrator que estava ameaçando o irmão.

Segundo a solicitante, seu irmão adolescente de 14 anos de idade, entrou em discussão com ela por motivos familiares, em seguida o adolescente passou a fazer ameaças de morte contra a solicitante e dizia que iria colocar fogo na casa.

O adolescente jogou várias pedras contra a solicitante e sua casa, vindo a danificar o telhado da casa, quebrando duas telhas. O jovem disse à irmã que se fosse preso a mataria, pois é menor e não dava nada para ele e que apenas ficaria no Cerad por alguns dias.

Com a chegada da Polícia Militar o adolescente foi apreendido e conduzido à Delegacia de Polícia Civil para as demais providências.

Notícias relacionadas