Super banner
Super banner

Aposentada cai no golpe do bilhete premiado e perde R$ 8 mil

Aposentada cai no golpe do bilhete premiado e perde R$ 8 mil

Ocorrências

Nesta quarta-feira (19), por volta das 15h, a Polícia Militar (PM) compareceu à avenida Antônio Carlos, Centro, onde uma aposentada de 62 anos relatou que uma mulher morena, gorda, trajando calças jeans, blusa azul e sandália de dedo pediu uma ajuda no tocante a empréstimo de uma conta corrente para receber um dinheiro referente a um bilhete de loteria (Mega-Sena) o qual ela havia ganhado a quantia de R$ 2 milhões.

Disse que em ato contínuo chegou um homem de aproximadamente 1,75m de altura, branco, gordo, com pequenos traços orientais e trajava calça jeans, camiseta azul de manga comprida, sem mais dados, e entrou no assunto se propondo a ajudar também.

A autora pediu ao indivíduo que confirmasse os números do último sorteio da Mega-Sena para ela em companhia da vítima, e ambos foram a uma casa lotérica e confirmaram os números no cartão da autora e verificaram que realmente os numerais confirmavam com os números sorteados e premiados.

A vitima relatou ainda aos militares que a autora novamente relatou à vítima dizendo que se a conta da mesma fosse emprestada para retirada dos R$ 2 milhões, ela daria a cada um a quantia de R$ 120 mil, mas para isso ambos teriam que lhe dar uma quantia de R$ 30 mil cada um como prova que não iriam passá-la para trás.

Após tal pedido da autora, todos se deslocaram até a avenida Imbiara, próximo ao estádio, e o autor foi em um prédio próximo e voltou com uma bolsa cor bege com floral, retirando de dentro de um envelope vários dólares, entregando à autora e dizendo que a parte dele já estava pronta.

Todo novamente se deslocaram para a agência bancária, e o indivíduo acompanhou a vítima durante retirada da quantia de R$ 8 mil da sua conta. Sendo indagada para que entregasse os R$ 30 mil, a vítima relatou que somente tinha aquele valor.

Em seguida ela entregou os R$ 8 mil para a autora que aguardava do lado de fora, sendo que a mesma pediu à vítima para comprar um suco em uma lanchonete próxima, pois não estava se “sentindo bem”.

Quando a vítima deslocou para atender a autora achando que seria gratificada com a quantia de R$ 120 mil após receber o bilhete falso, a autora e o autor fugiram do local, não sendo mais vistos.

A PM registrou o boletim de ocorrência para as devidas providências.

Notícias relacionadas