Dinheiro e revólver são furtados em casa no bairro Sagrada Família

Dinheiro e revólver são furtados em casa no bairro Sagrada Família

Nesta quarta-feira (20), por volta das 19h, a Polícia Militar (PM) compareceu à rua Padre José Piasek, bairro Sagrada Família, onde a vítima R.J.O.F, 59 anos, relatou que ao chegar em sua residência constatou que um pessoa não identificada pulou o muro dos fundos e entrou pela porta da cozinha após quebrar o vidro.

Os autores subtraíram a quantia de R$ 1.052 e um revólver calibre 38. Uma testemunha disse que viu dois homens pulando o muro da casa da vítima e saíram pela rua. Um era claro, baixo, com aparência de jovem e utilizava boné e blusa azul, e o outro era alto, magro, moreno escuro e trajava blusa bege.

A PM recebeu uma denúncia anônima relatando que quem havia furtado a residência era um morador de rua residente na rua Santo Antônio. Ele, que é menor, foi visto pelos policiais horas antes em companhia de dois homens, sendo um de apelidado de Cegonha e outro conhecido por Dobinha, conhecidos pela prática de furtos em residências.

De posse das informações, a PM iniciou intenso rastreamento no intuito de localizar os autores.

Vila Guimarães

Homem é ameaçado com faca e tem celular roubado

Nesta quarta-feira (20), por volta das 20h, a PM compareceu à rua Joaquim Alves Barcelos, Vila Guimarães, onde, segundo a vítima H.L.J., 23, estava sentado em uma escada esperando sua namorada quando apareceu um indivíduo de cor parda, estatura mediana, magro, trajando moletom preto, bermuda, chinelos e boné escuro e pediu o seu telefone celular emprestado.

Em seguida foi embora e ao ser questionado para que devolvesse o aparelho, o autor sacou uma faca e disse para o jovem não reagir, e tão pouco era para ele acionar a polícia, pois poderia voltar e acertar a situação. O bandido saiu em seguida. A vítima relatou que o aparelho levado era um smartphone de cor laranja.

A PM iniciou rastreamento no intuito de localizar o autor.

Centro

Casa é arrombada e diversos materiais são furtados

Nesta quarta-feira (20), por volta das 18h, a PM compareceu à rua José Primo de Melo, Centro, onde a vítima L.A.C., 59, relatou que saiu de sua residência por volta das 16h e ao retornar, por volta das 17h30, deparou com a porta arrombada.

Ao chamar uma vizinha para entrar no local com ela, constatou que pertences estavam revirados e espalhados pela casa, e que foram furtados um notebook, R$ 70, um relógio, um anel de ouro e um aparelho celular.

Uma testemunha relatou que por volta das 16h40 viu dois jovens que ele nunca havia isto antes nas proximidades. Eles estavam sentados em frente à residência furtada.

Um deles era moreno escuro, cabeça raspada e trajava bermuda branca e camiseta escura. O outro era claro, também com cabeça raspada e trajava bermuda azul e camiseta na rosa.

Ele alegou também que ouviu um barulho, entretanto, pensou que era a porta da casa dele batendo. A PM iniciou rastreamento no intuito de localizar os autores.

Notícias relacionadas