Laudo sobre morte de Laís Cristina sai em 20 dias

Laudo sobre morte de Laís Cristina sai em 20 dias

O laudo sobre a morte de Laís Cristina Almeida, de 15 anos deve sair em 20 dias, segundo o delegado de Crimes Contra a Vida da Polícia Civil (PC), Luiz Antônio da Costa, que está cuidando do caso. O corpo da adolescente foi periciado e o material necessário foi coletado pela perícia no Instituto Médico Legal (IML) de Araxá e encaminhado para o Setor de Criminalística em Belo Horizonte.

“A partir do exame de necropsia verificamos que não há nenhum tipo de violência física no corpo e a morte está indeterminada. Foi colhido o material necessário e encaminhado a Belo Horizonte”, destaca Luiz Antônio.

Segundo o delegado, os estudos do material vão revelar se a morte foi natural ou causada por algum tipo de produto químico. “Esperamos que o exame químico do material colhido possa nos dar uma resposta sobre a morte da adolescente.”

O namorado da vítima chegou a ser encaminhado à PC pela Polícia Militar (PM) nesta terça-feira (19), mas não foi preso como explica Luiz Antônio. “O namorado foi liberado porque não há como a gente definir que houve homicídio ou qualquer violência, a morte pode até ser por uma causa natural.”

De acordo com o delegado, a perícia também descartou a possibilidade da adolescente ter tentado um aborto devido ao sangramento vaginal. “A adolescente não estava grávida, ela não tinha nenhum sinal de violência que causaria normalmente um aborto dessa natureza, isso foi descartado, não existe essa possibilidade.”

Notícias relacionadas