MPF denuncia três pessoas por fraude contra a Previdência Social em Araxá

MPF denuncia três pessoas por fraude contra a Previdência Social em Araxá

Três pessoas de Araxá foram denunciadas pelo Ministério Público Federal (MPF) em Uberaba por envolvimento em esquema de fraude contra o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Elas são acusadas pelos crimes de estelionato contra a Fazenda Pública, falsidade ideológica e inserção de dados falsos em sistema de informações. As penas somadas podem chegar a 20 anos de prisão.

Uma das denunciadas era servidora do INSS de Araxá e as outras duas possuíam uma firma chamada Aposentec, que supostamente prestava consultoria contábil e previdenciária, destinava-se na verdade a arregimentar interessados em obter benefícios previdenciários, geralmente pessoas idosas, humildes e com baixo grau de escolaridade.

De acordo com a denúncia, a fraude consistia na inserção de informações falsas no sistema informatizado da Previdência Social, de modo que o segurado pudesse receber benefícios previdenciários ainda que não preenchesse as condições necessárias previstas em lei. Para isso, a servidora denunciada inseria dados falsos relacionados a tempo de serviço, tempo de contribuição ou valor do salário-contribuição do segurado, chegando mesmo a criar vínculos trabalhistas inexistentes.

Operação Lama

O esquema foi descoberto quando pessoa não-identificada relatou as irregularidades ao chefe do INSS em Araxá, que encaminhou a denúncia à Força Tarefa Previdenciária formada pela Polícia Federal, Ministério da Previdência Social e Ministério Público Federal. No dia 12 de agosto do ano passado, foi realizada a Operação Lama, para cumprimento de quatro mandados de busca e apreensão expedidos pela 2ª Vara da Justiça Federal em Uberaba. A suspeita é de que as fraudes tenham causado prejuízos de R$ 15 milhões aos cofres da Previdência Social.

Arquivo

Polícia Federal desarticula esquema de fraude no INSS de Araxá

Com informações da Assessoria de Comunicação Social do Ministério Público Federal em Minas Gerais

Notícias relacionadas