Vazio Coração começa a ser rodado no início de agosto

Vazio Coração começa a ser rodado no início de agosto

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Da Redação – Na próxima semana chega em Araxá a comitiva com a equipe de filmagem e de atores do filme “Vazio Coração”, que terá a cidade como um dos grandes cenários. Araxá foi escolhida pela sua importância histórica, cultural e turística para o Brasil além da população acolhedora. O filme recebeu a polêmica verba de R$ 700 mil do município. As filmagens começam atrasadas já que a previsão do início dos trabalhos na cidade era para maio. Havia ainda a promessa de que o filme fosse lançado com as inaugurações do teatro e da revitalização da avenida Antônio Carlos, mas com a demora nas filmagens ficará difícil.

O filme está previsto para ser rodado nos meses de agosto e setembro. A preparação das filmagens já foi iniciada há meses com muita complexidade e detalhe, trabalho esse que vai desde a escolha das locações, que exige uma série de visitas aos lugares à confecção dos figurinos e cenografias por parte da equipe de direção de arte que trabalha com um vasto material fotográfico e de pesquisas.

Este, como todo longa-metragem, passa por diversas etapas como a pesquisa, elaboração do roteiro, captação de recursos e as fases de pré-produção, produção e filmagem, além das fases de montagem finalização, comercialização e lançamento.

Cerca de 50 profissionais fora o elenco artístico de 30 atores entre elenco principal e o elenco de apoio estarão na cidade durante as filmagens. Além disso, Vazio Coração contará com mais de 300 pessoas e quase 3 mil figurantes da cidade de Araxá. Os araxaenses participarão com seus grupos de teatro e musicais da cidade, por exemplo, em cenas de flashback, haverá testes para várias participações, sendo uma delas para o papel de Murilo Rosa (cantor Hugo Kari) quando criança.

Além do Grande Hotel, no roteiro já consta locações nos espaços do Aeroporto Romeu Zema, Museu Dona Beja, Fundação Cultural Calmon Barreto, Parque do Cristo, principais avenidas, Horizonte Perdido, igrejas e ruínas do Hotel Rádio.

Segundo o cineasta Alberto Araújo, a cidade é um cenário que retrata o Brasil de forma completa. “Araxá é um patrimônio histórico, cultural e turístico do Brasil que precisa ser divulgado em âmbito nacional e internacional e o filme Vazio Coração tem o objetivo de contar uma bela história e também promover este lugar”, afirma.

A produtora executiva Débora Tôrres afirma que Araxá é uma cidade acolhedora e linda que está de parabéns, seja pela limpeza de suas ruas e a beleza de suas paisagens através da ação de seus administradores. Segundo ela, o filme será uma forma de mostrar os talentos da cidade.

“Os araxaenses são trabalhadores, prestativos, alegres e bem humorados. Vejo paz, serenidade e amor no olhar das pessoas que se aproximam de nós e tentam de alguma forma dar a sua contribuição para o filme ajudando a nossa produção de todas as formas possíveis, ora indicando pessoas para compor a nossa equipe técnica ora indicando artistas do lugar, cantores e atores locais. Com certeza trabalharemos também para mostrar os artistas da terra ao lado de grandes estrelas da TV e do cinema que aqui estarão morando por quase dois meses neste paraíso, durante o período das filmagens.”

Para a secretária municipal de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Parcerias Alda Sandra Barbosa Marques, uma oportunidade que Araxá está tendo de mostrar seus potenciais. “Nas telenovelas e filmes brasileiros temos como principais cenários explorados o Rio de Janeiro e São Paulo. Araxá está vivendo um momento único de se mostrar para o Brasil e acredito que a partir da repercussão que a cidade ganhará com este filme, teremos muitos outros ganhos na área turística.”

Sinopse

“Vazio Coração” conta a história de um cantor de sucesso que faz uma pausa em sua atribulada agenda para se encontrar com o pai em Araxá, onde a família sempre passou férias.  Murilo Rosa faz o papel do cantor, filho do embaixador Mário Menezes, interpretado por Othon Bastos, uma lenda viva do cinema brasileiro. O filme fala de relacionamento humano, de sentimentos verdadeiros, da valorização dos laços de família. “Vazio Coração” não explora violência, sexo e muito menos tenta expor as mazelas do país, temas tão recorrentes no cinema brasileiro.

Notícias relacionadas