1° Festival de Artes Integradas de Araxá reúne mais de 600 pessoas em três dias de atrações

1° Festival de Artes Integradas de Araxá reúne mais de 600 pessoas em três dias de atrações

Apresentações que foram desde dança, teatro, música e cinema até batalha de rimas, exposições artísticas e oficinas. Com uma programação para todos os gostos, o 1° Festival de Artes Integradas de Araxá foi promovido pela Fundação Cultural Calmon Barreto (FCCB) entre os dias 6 e 8 de julho.

Durante os três dias de evento, mais de 600 pessoas passaram pelo Teatro Municipal Maximiliano Rocha e pelo Museu Calmon Barreto e Memorial de Araxá. As atrações contaram com apresentações de 20 projetos aprovados pela Lei Calmon Barreto 2.

“A primeira edição do festival teve uma adesão excelente. Ela foi uma oportunidade para os artistas se apresentarem e de mostrarmos a produção cultural realizada em nossa cidade. O palco do Teatro Municipal foi todo organizado para que o evento acontecesse e, além disso, no museu, tivemos a participação das escolas da rede municipal com oficinas aos alunos”, destaca a presidente da FCBB, Cynthia Verçosa.

Com o espetáculo infantil ‘Brincando com o Tempo’, a artista e produtora cultural Rosana Loren avalia como positiva a contemplação do projeto e a participação no festival.

“Todo mundo está sabendo que a cultura está passando por um momento muito complicado. Estamos voltando nesse período com o alívio da pandemia, mas devagar. Então, se eu não pudesse contar com esse recurso, seria mais difícil. Esse incentivo me faz acreditar na arte e que as pessoas estão, sim, preocupadas em fomentar a cultura”, ressalta.

Cadastro de Artistas

Os artistas que desejam pleitear recursos em futuras leis de incentivo no município devem realizar um cadastro no site da Fundação Cultural Calmon Barreto ( http://fundacaocalmonbarreto.mg.gov.br/ ), na aba ‘Cadastro Municipal de Cultura’. Como requisito, é necessário ter no mínimo dois anos de atuação no mercado cultural e a comprovação da relevância do trabalho prestado à comunidade.

“Estamos finalizando a Lei Calmon Barreto 2. Logo, já começaremos a estruturar o próximo edital, pensando em eventos futuros para o final do ano. Por isso, os artistas devem ficar atentos ao cadastro. Ele deve ser feito e estar atualizado. É importante que os segmentos de atuação informados estejam alinhados com o projeto que será apresentado no futuro”, alerta Cynthia Verçosa.

1° Festival de Artes Integradas de Araxá reúne mais de 600 pessoas em três dias de atrações 1

Notícias relacionadas

Inscreva-se
Me avise:
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Mostrar todos os comentários
0
Deixe seu comentário para essa notícia!x