Super banner
Super banner

Aposentada cai no golpe do bilhete premiado e perde R$ 10 mil

Aposentada cai no golpe do bilhete premiado e perde R$ 10 mil

Ocorrências

Nesta quinta-feira (29), por volta das 11h, a Polícia Militar (PM) esteve na rua Franklin de Castro, Centro, onde, segundo uma aposentada de 77 anos, ela foi abordada por um indivíduo moreno claro e de estatura mediana, cerca de 1,70m, idade aparente 50 anos, cabelos grisalhos, trajando camisa xadrez e calça jeans.

Segundo a solicitante, o indivíduo lhe abordou dizendo que tinha um bilhete premiado da Mega-Sena, contudo, precisava de auxílio para receber o prêmio porque ele era da roça, analfabeto, não portava documentos e não tinha conta em banco para receber e depositar o prêmio.

A aposentada relatou ainda para os militares que em seguida se aproximou deles uma mulher aparentando idade de 35 anos, cabelos pintados (luzes), trajando blusa branca e calça preta, que entrou no assunto e manifestou interesse em ajudar o indivíduo, pegando com ele o bilhete, foi a uma lotérica e voltou dizendo que o mesmo está realmente premiado, e com isso induziram a vítima a provar para eles que tinha conta no banco e se o ajudasse receberia a quantia de R$ 150 mil.

A aposentada se dirigiu até uma agência bancária e em seguida retornou com uma quantia de R$ 10 mil, provando, assim, que tinha conta e também dinheiro, permanecendo com esta quantia na bolsa. Em seguida, a outra mulher saiu novamente de perto deles e voltou com uma pequena bolsa preta dizendo que também teria sacado os R$ 10 mil reais.

Logo depois o homem se manifestou que necessitava ir urgente ao banheiro, então a mulher (autora) disse para a vítima segurar a volumosa bolsa preta com o dinheiro e colocando-a na bolsa da vítima que estava pendurada em um dos braços, dizendo para ela que voltariam rapidinho.

A aposentada ficou esperando por algum tempo, em seguida por estarem demorando muito a mesma verificou que na tal bolsa tinha apenas folhas de papel branco dobrado e amarrado, percebendo que seu dinheiro não estava em sua bolsa. Depois do ocorrido, a vítima percebeu que havia caído em um golpe de estelionato, conhecido como “golpe do bilhete premiado”.

Diante do fato, os policiais registraram o boletim de ocorrência para os devidos fins.

Notícias relacionadas