Araxá decreta novas medidas para conter o avanço da pandemia

Araxá decreta novas medidas para conter o avanço da pandemia

Diante o aumento de casos de Covid-19 em todo o país e a preocupação das autoridades sanitárias de uma 3º onda do vírus com novas variantes, o Comitê de Enfrentamento à Covid-19 definiu novas medidas restritivas para conter o avanço da doença na cidade.

O Decreto Municipal tem como principais medidas o toque de recolher diariamente a partir das 21h até 5h, a proibição de qualquer tipo de reunião com mais de 9 pessoas e a proibição do consumo de bebidas alcoólicas em qualquer estabelecimento.

O Parque do Cristo já está fechado para visitação e na Estância Hidromineral do Barreiro a partir deste sábado (29) está proibida a circulação de pessoas nas vias, bens e áreas públicas de todo o complexo (incluindo o Lago Norte). As demais medidas valem a partir da próxima segunda-feira (31) pelo prazo de 10 dias, e podem ser prorrogadas por igual período. 

O retorno das aulas presenciais de ensino também foi suspenso. As atividades estavam previstas para serem retomadas na próxima terça-feira (1°) para a rede privada e 1° de julho para a rede pública. O Ministério da Saúde definiu, em nota técnica emitida nesta sexta-feira (28), que a vacinação dos trabalhadores de Educação poderia ser antecipada. O município aguarda a chegada de novas doses a serem destinadas para que a imunização dos professores seja realizada. O decreto completo está disponível no site da Prefeitura de Araxá (www.araxa.mg.gov.br).

Araxá registrou na última semana um média de 100% de ocupação de leitos de UTI. Foram 14 óbitos registrados nos últimos sete dias e 761 casos confirmados. Cerca de 1,2 mil pessoas positivas para o vírus são monitoradas neste momento pela Secretaria de Saúde. Ao todo, a cidade já registrou 169 mortes ocasionadas pelo coronavírus e 10.959 pessoas foram infectadas desde o início da pandemia.

Notícias relacionadas

Inscreva-se
Me avise:
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Mostrar todos os comentários
0
Deixe seu comentário para essa notícia!x