Super banner
Super banner
Super banner

Cresce participação do Sine MG no número de empregados

O número de colocados no mercado de trabalho por meio do Sistema Nacional de Emprego (Sine) cresceu 56,95% em todo o Estado nos sete primeiros meses do ano comparado ao mesmo período do ano anterior. O número de colocados de janeiro a julho deste ano foi de 59.306, enquanto nos sete primeiros meses de 2007 foi de 37.787. O crescimento foi registrado nos 93 postos do Sine de Minas.
 
Os dados se mostraram positivos não somente nas colocações. A pesquisa ainda aponta que em 2007, foram ofertadas 61.363 vagas nos meses de janeiro a julho. Em 2008, este número saltou para 97.885, um crescimento de 59,52%. O número de inscritos e de encaminhados também cresceu 32,62% e 50,47%, respectivamente, nos sete primeiros meses do ano.
 
O subsecretário de Trabalho, Emprego e Renda da Sedese, Antônio Amabile, comemora os números positivos e prevê que o desempenho continuará subindo. “Estes números brindam o esforço do Governo de Minas que por meio de suas ações e facilita cada vez mais o acesso ao emprego àqueles que não conseguiam sua vaga no mercado de trabalho. Já beneficiamos mais de 59 mil famílias em 2008 e a expectativa é que até o final do corrente ano consigamos empregar efetivamente mais de 100 mil pessoas. O alcance de resultados tão significativos só foi possível porque o Estado tem ações de qualificação profissional diferenciadas, voltadas para as reais necessidades da população e articuladas com as demandas do mercado de trabalho. Só este ano, já qualificamos 14 mil trabalhadores e a nossa meta é beneficiar 25 mil até dezembro”, afirma Antônio Amabile.
 
De acordo com o superintendente de Monitoramento, Avaliação e Controle de Políticas do Trabalho, Emílio Botelho, o governo tem direcionado ações de qualificação para aumentar ainda mais o preenchimento das vagas disponíveis nos postos do Sine. “Além de aumentar os investimentos na rede de qualificação do trabalhador, incentivamos a aproximação do Sine com as empresas privadas, o que tem permitido esse acréscimo significativo nas vagas oferecidas e preenchidas”.
 
Sine
 
O Sine é um serviço gratuito que visa melhorar as condições de acesso, permanência ou retorno do trabalhador ao mercado de trabalho. Em Minas Gerais, os postos de atendimento são coordenados pela Sedese, por meio da Subsecretaria de Trabalho, Emprego e Renda. Além de intermediar mão-de-obra, o Sine encaminha os profissionais cadastrados para cursos de qualificação profissional, atende o trabalhador solicitante do seguro-desemprego, incentiva a geração de emprego e renda e disponibiliza informações sobre mercado, por meio de palestras e cursos de competências básicas para o trabalho.

Notícias relacionadas