Super banner
Super banner

Escolas estaduais implantam novas regras ortográficas

Escolas estaduais implantam novas regras ortográficas

Os alunos que ingressarem no ensino fundamental da rede estadual este ano serão alfabetizados com as novas regras previstas no Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa, que entrou em vigor na última quinta-feira (1). Elas estão se preparando para repassarem aos professores e alunos as novas normas de ortografia previstas no acordo, por meio de capacitações e cartilha.

A subsecretária de Desenvolvimento da Educação Básica, Raquel Elizabeth de Souza Santos, explica que os professores dos três primeiros anos do ensino fundamental, a chamada educação básica, terão contato com as novas normas por meio do guia do alfabetizador. Esse guia é elaborado pela Secretaria de Estado de Educação (SEE) e entregue todos os anos aos professores.

Além disso, todos os 30 mil professores que serão capacitados em 2009 terão como módulo especial o acordo ortográfico.

“Por meio da Rede de Formação de Educadores, vamos oferecer diversos cursos aos professores a partir deste ano. Dentro dessas capacitações, vamos tratar desse módulo com professores de todos os conteúdos, principalmente os de português”, afirma Raquel.

A Rede de Formação de Educadores foi criada no final de 2008 e vai oferecer aos professores cursos de capacitação, em especial de especialização, em universidades públicas e instituições de ensino particulares que contam com pós-graduação aprovada pelo Ministério da Educação.

Raquel diz ainda sobre a elaboração de uma cartilha com orientação para os professores. “A proposta é chamar a atenção, em todas as capacitações, para essa questão da nova grafia. Os educadores estão cientes da importância de incorporar as regras e, no início do ano, vamos criar uma cartilha com orientações para eles.”

Os livros didáticos de 2010 e 2011, distribuídos pelo Ministério da Educação, já virão com a nova ortografia.

Acordo ortográfico

O Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa institui mudanças na ortografia do português, entre elas a extinção do trema, a incorporação das letras “k”, “w” e “y” ao alfabeto e novas regras de acentuação e uso do hífen. O objetivo é simplificar as regras de escrita e acabar com as diferenças entre a ortografia do Brasil e dos demais países que têm o português como língua oficial.
 
O prazo oficial dado pelo governo federal para que os brasileiros se adaptem às mudanças é 31 de dezembro de 2012. Em Portugal, o prazo oficial se estende até 2014.

Notícias relacionadas