Super banner
Super banner

Escolas Municipais de Araxá superam médias estadual e nacional do Ideb 2017

Escolas Municipais de Araxá superam médias estadual e nacional do Ideb 2017

Araxá teve 11 escolas municipais que participaram do levantamento realizado pelo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). De acordo com o resultado, a média dos índices obtidos pelas escolas da cidade foi superior ao de Minas Gerais e do Brasil. No 5° ano, a média chegou a 6,4 contra 6,3 (Estado) e 5,6 (Brasil) e no 9° ano, 4,7, superior a 4,5 (Estado) e 3,8 (Brasil). O Ideb é divulgado a cada dois anos pelo Ministério da Educação (MEC), por meio do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

A secretária Municipal de Educação, Gessy Glória Lemos, explica que para chegar ao índice, o MEC calcula a relação entre rendimento escolar (taxas de aprovação e reprovação) e desempenho dos alunos em Língua Portuguesa e Matemática, na Prova Brasil, aplicada aos estudantes do 5º e 9º ano do ensino fundamental e do 3º ano do ensino médio.  A meta estabelecida para ser cumprida até 2021 é de 6,0 (indicador de aprendizado) numa escala de 0 a 10. “Analisando os resultados dos alunos do 5º ano, 82% das unidades de ensino alcançaram/superaram esta meta já em 2017 e duas escolas ficaram bem próximas de alcançar a meta estipulada”, comenta a secretária Gessy.

No 9º ano, quatro unidades de ensino participaram do levantamento. A E.M. Francisco Primo de Melo, avaliada pela primeira vez, recebeu nota 6,1 e superou a meta, destacando-se entre as escolas públicas do munícipio com o maior índice. Em relação ao 5° ano, a primeira colocada foi o Alice Moura, com 7,2.  Também participaram do levantamento a E.M. Aplicação Lélia Guimarães, E.M. Aziz J. Chaer, E.M. Dona Gabriela, E.M. Manoela Lemos, E.M. Padre Inácio, E.M. Professor Nelson Gomes, E.M. Professora Auxiliadora Paiva, E.M. Leonilda Montandon e E.M. Professora Romália Porfírio de Azevedo.

O Ideb também mostrou que os alunos do 5º ano ultrapassaram a meta estabelecida na rede de ensino de Araxá para 2017 (média de 6,4 – meta era 6,1). Já os estudantes do 9º ano, estão muito próximos de atingir o índice (nota 4,7 – meta de 4,9). “Os resultados são utilizados para nortear os Planos de Intervenção Pedagógica de cada unidade de ensino. Continuaremos trabalhando para melhorar esses índices, garantir mais alunos aprendendo, com um fluxo escolar adequado.”, enfatiza a secretária.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *