Governo Municipal realiza minirreforma administrativa e anuncia mudanças no secretariado

Governo Municipal realiza minirreforma administrativa e anuncia mudanças no secretariado

O prefeito Robson Magela anunciou uma minirreforma administrativa no Governo Municipal nesta segunda-feira (4). A medida vai promover mudanças no comando de quatro pastas da gestão pública. As Secretarias de Governo, de Saúde, de Ação Social e a Procuradoria Geral do Município terão novos gestores a partir desta quarta-feira (6). A nova estrutura acontece devido ao prazo de desincompatibilização para as disputas das eleições deste ano e de acordo com o perfil público de cada gestor. Algumas mudanças em cargos administrativos também vão ocorrer.

O vice-prefeito Mauro Chaves deixa o cargo de secretário de Governo devido ao prazo eleitoral. A pasta será ocupada pelo até então Procurador-Geral do Município, Eurico Hélio da Silva (Rick Paranhos). Quem passa a ocupar o cargo de Procurador-Geral é o advogado Jonathan Renaud de Oliveira Ferreira, que trabalha há mais de 10 anos no setor público e estava na Superintendência Jurídica do Gabinete do Prefeito.

Já a secretária de Saúde, Lorena de Pinho Magalhães, deixa a pasta e assume a assessoria especial de Saúde. A Secretaria de Saúde será comandada pela dentista, servidora efetiva há 22 anos e gestora em Saúde, Cristiane Gonçalves Pereira, que estava à frente da Secretaria de Ação Social e foi uma das responsáveis pela implantação de importantes programas, como por exemplo, o Renda Básica.

Com mais de 15 anos de experiência no setor social, o vereador e empresário Wagner Cruz assume a Secretaria de Ação Social. Ele tem projetos e trabalhos reconhecidos por meio de importantes entidades assistenciais.

Segundo o prefeito, as mudanças foram realizadas dentro do perfil administrativo de cada gestor. “Nós temos acompanhado o desempenho, a capacidade técnica e de gestão de cada um dos nossos secretários e assessores. E as mudanças que realizamos nesta minirreforma administrativa é de acordo com a obrigatoriedade da legislação eleitoral e essa análise técnica que realizamos desde o início do governo. Todos são excelentes profissionais e com as novas funções vão contribuir ainda mais com o Município”, destaca Robson.

Desincompatibilização

O prazo para desincompatibilização de cargos para quem irá concorrer às Eleições de 2022 terminou no último sábado (2). Os prazos são definidos pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que adotou a medida para evitar o abuso de poder econômico ou político nas eleições por meio do uso de estrutura ou recursos aos quais o ocupante do cargo tem acesso. Caso não saia no prazo determinado pelo TSE, o pré-candidato se torna inelegível.

O vice-prefeito Mauro Chaves solicitou em tempo hábil a exoneração do cargo de secretário de Governo para se afastar do posto e se tornar elegível. De acordo com ele, o sentimento após deixar a pasta é o de dever cumprido.

“Após 15 meses de governo, nós desenvolvemos diversos projetos com a permissão do prefeito, trabalhamos efetivamente com todos os secretários e tivemos uma relação estreita com o Legislativo. Tenho certeza que o Rick Paranhos fará um belo trabalho, pois é uma pessoa que já comprovou isso durante o trabalho que desenvolveu no comando da Procuradoria Geral do Município. Continuo como vice-prefeito e estarei contribuindo no dia a dia com o prefeito Robson Magela para atender evidentemente toda a população”, destaca Mauro.

Notícias relacionadas

Inscreva-se
Me avise:
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Mostrar todos os comentários
0
Deixe seu comentário para essa notícia!x