Operação Malebolge: Polícia Civil pede afastamento de secretário de Ação e Promoção Social e de dois assessores que estão presos

Operação Malebolge: Polícia Civil pede afastamento de secretário de Ação e Promoção Social e de dois assessores que estão presos

Com desdobramentos da Operação Malebolge, deflagrada ontem (11) em Araxá, a Polícia Civil pediu afastamento de três servidores públicos, entre eles, um secretário municipal em exercício.

Além do afastamento da cargo público, foi feito o pedido de outras duas medidas – a proibição de aproximar de órgão públicos municipais e de ter contato com servidores públicos. A Polícia Civil informa, ainda, que houve manifestação positiva do Ministério Público e o pedido foi encaminhado à Justiça Eleitoral.

Os nomes dos servidores não foram revelados, mas conforme divulgado pelo Portal Imbiara e confirmado pelo Diário de Araxá, são o secretário municipal de Ação e Promoção Social, Moisés Pereira Cunha, que teve o seu celular e computador de seu uso na secretaria apreendidos, a ex-secretária de Governo e atual assessora executiva Lucimary Ávila e o seu marido e assessor da Secretaria Municipal de Ação e Promoção Social, Leovander Gomes de Ávila.

A Prefeitura de Araxá até o momento não se manifestou oficialmente sobre a Operação Malebolge.

Fonte: Diário de Araxá

Notícias relacionadas

Inscreva-se
Me avise:
guest
4 Comentários
Novos
Antigos Mais votados
Comentários em linha
Mostrar todos os comentários
4
0
Deixe seu comentário para essa notícia!x