Pandemia prejudica fornecimento de medicamentos para a Farmácia Municipal

Pandemia prejudica fornecimento de medicamentos para a Farmácia Municipal

A pandemia da Covid-19 tem causado a falta de medicamentos em diversos municípios do país. A principal causa é a escassez de matéria-prima para a produção dos remédios, prejudicada pela dificuldade de importação dos insumos. O baixo estoque de medicamentos para diversas doenças e a dificuldade dos fabricantes em entregar os produtos tem preocupado pacientes de todas as idades. 

O prefeito Robson Magela e a secretária municipal de Saúde, Lorena de Pinho Magalhães, visitaram a Farmácia Municipal na terça-feira (20) para verificarem a situação em Araxá. Hoje, o município oferece 214 medicamentos, dentre eles, 45 estão em falta, ou seja, 21%. 

Entre os remédios faltantes estão para tratamento de problemas cardíacos, depressão, diabetes, asma, colesterol, anemia, alergia e infecções. A principal razão da dificuldade em suprir os estoques em Araxá é a escassez de insumos ativos para a produção de medicamentos. Paralelo a isso, a licitação para compra de mais mercadorias está em processo de conclusão. 

De acordo com o prefeito, a função do município neste momento de crise é justamente solucionar esses problemas. “Não vamos medir esforços para garantir a aquisição desses remédios. O que não pode é o cidadão interromper um tratamento por falta de medicação e ter sua recuperação ou uma melhor condição de vida prejudicada. O mesmo esforço que estamos fazendo para compra do kit de intubação, vamos fazer para abastecer o estoque da nossa farmácia”, explica Robson. 

Lorena acrescenta que em meio à crise gerada pela pandemia, a solução será o contato com outros fornecedores para que a situação seja normalizada. “Hoje até quem não teve contato direto com o novo coronavírus sofre as consequências. Os medicamentos que estão em falta, por exemplo, estão ligados a outras doenças, porém, a escassez de matéria-prima é decorrente da crise que vivemos. Nossa expectativa é que essa situação seja resolvida no próximo mês e iremos buscar todas as soluções possíveis para que isso aconteça”, reitera.

Notícias relacionadas

Inscreva-se
Me avise:
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Mostrar todos os comentários
0
Deixe seu comentário para essa notícia!x