PMA investe em reuniões de aperfeiçoamento em atendimento social

PMA investe em reuniões de aperfeiçoamento em atendimento social

Encontros auxiliarão na informação e seguridade de benefícios garantidos por lei a pessoas em vulnerabilidade social.

Com reformulação do trabalho de aperfeiçoamento interno com foco no melhor atendimento à população, a Prefeitura de Araxá iniciou neste mês os ciclos de capacitação do Sistema Único de Assistência Social (SUAS). Inicialmente, a proposta de seis encontros semanais visava atender psicólogos, assistentes sociais e advogados atuantes nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAs), Centro de Referência Especializado em Assistência Social (Creas), Núcleos de Convivência e Fortalecimento de Vínculos e Pequeno Jardineiro. Entretanto, o projeto ganhou novos públicos e totaliza cerca de 60 participantes.

Toda sexta-feira, o trabalho realizado pela coordenação técnica dos equipamentos sociais ocorre em uma instituição. O assessor técnico da secretaria de Ação e Promoção Social, Moisés Cunha, destaca que os encontros auxiliarão na informação e seguridade de benefícios garantidos por lei a pessoas em vulnerabilidade social.

“São poucos os municípios que investem em profissionalizar as equipes de atendimento, e esperamos obter logo um resultado muito bom para a população. O público vulnerável a quem a secretaria de Ação e Promoção Social atende chega com demandas muito complexas, então o profissional que está atendendo em uma unidade ou visita domiciliar precisa de um conhecimento abrangente de todos os benefícios, pois ele refletirá sobre a situação que a família apresenta e verá quais melhorias podem ser feitas”, explicou Moisés.

O primeiro encontro abordou o benefício ID Jovem, destinado à população de 14 a 29 anos com renda familiar de até dois salários mínimos. O programa confere isenção no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), viagens gratuitas interestaduais para jovens carentes e isenção de 50% em eventos culturais e artísticos municipais. Na segunda reunião, a pauta será tarifas, com enfoque nos descontos em energia elétrica e água e, também, no passe livre para idosos e deficientes. Os encontros são ministrados por variados profissionais.

O assessor técnico explica que a adesão aos ciclos surpreendeu no que tange à procura. Profissionais de outras áreas da Prefeitura demonstraram interesse, fortalecendo assim uma rede municipal de assistência social. “No entendimento de que todos precisam aperfeiçoar para o atendimento, nós liberamos para outras áreas da prefeitura. Isso tomou uma abrangência ainda maior, e alguns profissionais que atendem a população em instituições sem vínculo com o Governo também procuraram e ampliamos”, destaca Moisés.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *