Super banner
Super banner

Prefeito comenta o “aniversário” da não realização do concurso público

Prefeito comenta o “aniversário” da não realização do concurso público

Concurso Público completa um ano

Da Redação/Raphael Rios – O dia 28 de março de 2010 seria marcado na administração municipal pela realização do tão sonhado concurso público. Esta era a data marcada para que os candidatos fizessem as provas e que hoje completa um ano, mas nesse mesmo dia muita coisa aconteceu. Por meio de um pedido de anulação feito pelo Ministério Público, o concurso público foi suspenso pela Justiça após uma série de alegações quanto à legalidade da licitação, que foram defendidas pela empresa Comaj.

Em entrevista ao Diário de Araxá, o prefeito Jeová Moreira da Costa fala sobre a atual situação do concurso. Confira.

Diário de Araxá: Como está a situação e como a prefeitura está trabalhando para realizar o concurso?

Jeová: Nós estamos lutando. É claro que se não houvesse o embargo por parte da Justiça nós já teríamos realizado o concurso no dia 28 de março de 2010. Agora completa um ano e podemos ver todo o esforço que a administração teve de buscar uma solução para esse impasse, mas não encontramos essa solução. Estamos aguardando a resolução do Poder Judiciário.

Diário de Araxá: Há uma preocupação por parte de quem pagou a inscrição em relação ao dinheiro. Como está sendo tratada essa situação?

Jeová Esse dinheiro está aplicado. Todas as pessoas que fizeram suas inscrições, e caso venha a decisão do Poder Judiciário para devolver esse dinheiro, vamos devolver com correção monetária. Já caso a decisão venha para realizarmos o concurso com a empresa que foi contratada (Comaj), estaremos prontos para realizar o concurso. Essa é uma expectativa muito grande para a população e maior ainda para aquelas pessoas que fizeram as inscrições.

Dentro disso estamos fazendo investimentos no servidor público após aguardarmos um ano, justamente porque estávamos contando com a possibilidade do exame. Uma vez que vimos não haver um tempo determinado foi que decidimos, neste mês de março, nós resolvemos investir no aumento para os concursados/efetivos e um aumento de 100% do ticket alimentação para todos os servidores municipais.

Diário de Araxá: Existe alguma exigência por parte da Justiça para que o concurso aconteça?

Jeová: Nós vimos o interesse muito grande do Poder Judiciário em resolver essa questão, e da mesma forma pelo lado da prefeitura. Porém, nós não encontramos uma empresa para realizar o concurso com a quantia de dinheiro que estava disponível nas inscrições. Esse foi o impasse, não houve um acordo e agora aguardamos a decisão da Justiça.

Diário de Araxá: Quem se inscreveu terá que aguardar a decisão da Justiça?

Jeová: Vamos aguardar. Acredito que não muito distante de hoje nós teremos essa resposta. Assim que tivermos essa posição cabe ao Poder Público realizar o concurso. Uma vez a decisão for para realizarmos com a mesma empresa, poderíamos fazer de uma forma imediata, caso encontre irregularidades na empresa contratada, aí teremos que começar do zero. Se for dessa forma, acredito na realização só daqui há um ano ou dois, e devolveríamos o dinheiro com correção a todas as pessoas inscritas. 

Notícias relacionadas