Prefeitura de Araxá descentraliza fornecimento de medicamentos de alto custo

Prefeitura de Araxá descentraliza fornecimento de medicamentos de alto custo

A descentralização do fornecimento de medicamentos de alto custo do Componente Especializado da Assistência Farmacêutica (CEAF) irá agilizar a entrega desses remédios a quem mais precisa em Araxá.

Os medicamentos fornecidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) são organizados de acordo com a Política Nacional de Assistência Farmacêutica, que classifica os medicamentos em três categorias distintas: Básico, Estratégico e Especializado.

A coordenadora da Farmácia Municipal de Araxá, Maria Paula Di Mambro, explica que os medicamentos do CEAF são utilizados contra doenças que configuram problemas de saúde pública, com impacto socioeconômico, e disponibilizados diretamente pelo Ministério da Saúde ao Estado de Minas Gerais, que por sua vez faz o repasse aos municípios.

“São medicamentos pré-selecionados pelo Estado e oferecidos através de processos. Geralmente são de alto custo, a partir de R$ 100, podendo chegar a R$ 2 mil, e que os pacientes retiram gratuitamente na Farmácia Municipal”, explica.

Atualmente, em Araxá, cerca de 1.000 pacientes são beneficiados com esses medicamentos. De acordo com ela, até então, os fármacos eram enviados para a Superintendência Regional da Saúde (SRS) em Uberaba e duas vezes na semana uma funcionária buscava esses medicamentos no município vizinho.

“Com a adesão de Araxá à Política de Descentralização do Componente Especializado da Assistência Farmacêutica (PDCEAF), o município irá buscar de uma só vez todos os medicamentos fornecidos para um mês de tratamento, evitando a espera por parte de pacientes atendidos pelo CEAF na Farmácia Municipal”, explica.

Entre as vantagens estão, o aumento da acessibilidade e comodidade na obtenção dos medicamentos especializados, economia com transporte dos fármacos da SRS em Uberaba até Araxá (que agora passa de duas vezes na semana a uma vez ao mês) e melhoria da assistência prestada ao usuário.

Notícias relacionadas

Inscreva-se
Me avise:
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Mostrar todos os comentários
0
Deixe seu comentário para essa notícia!x