Super banner
Super banner

Prefeitura de Araxá participa de tratativas para amenizar crise enfrentada pela classe comercial

Prefeitura de Araxá participa de tratativas para amenizar crise enfrentada pela classe comercial

Araxá participou de uma videoconferência do plano estadual Recomeça Minas, idealizado pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), que busca medidas de recuperação econômica do Estado. As tratativas foram debatidas nesta sexta-feira (16) com lideranças representativas da macrorregião Triângulo Sul.

O prefeito Robson Magela estava em viagem a Uberlândia no momento da videoconferência para concluir a aquisição de sedativos de kit intubação para Araxá.

Representaram o município no encontro virtual o vice-prefeito Mauro Chaves, o deputado estadual Bosco, o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Turismo, Juliano Cesar da Silva, o presidente do Sindcomércio, Rodrigo Natal Rocha, e o empresário do setor de produções e eventos, Luciano Rios. A videoconferência foi mediada pelo presidente da ALMG, Agostinho Patrus.

O Recomeça Minas está contido no Projeto de Lei (PL) 2.442/21, que está em análise na ALMG, e o objetivo é recolher sugestões da sociedade para seu aperfeiçoamento. A legislação proposta busca incentivar e facilitar a regularização de dívidas tributárias, direcionando os recursos obtidos para a desoneração fiscal e o financiamento dos setores econômicos mais impactados pela crise econômica decorrente.

Apesar de realizados remotamente, cada um dos encontros nas regionais do Estado está abordando a realidade econômica e social de uma região específica, tendo como referência uma das cidades-polo desse território.

Cada encontro inclui uma apresentação inicial sobre o programa e uma fase de debates com representantes dos setores econômicos e dos municípios daquela região.

O vice-prefeito Mauro Chaves destaca que a iniciativa da ALMG é de suma importância para definir diretrizes para amenizar as consequências causadas pela pandemia. “A Prefeitura de Araxá também está em contato direto com a classe comercial em busca de ações para a resolução dessa crise financeira. Sugerimos à Assembleia que também olhe com uma atenção especial o empresário que precisou fechar as portas, o que está para fechar e também aquele cidadão que trabalhava na informalidade e teve sua renda afetada por conta deste momento complicado que estamos atravessando”, relata.

O deputado estadual Bosco reiterou que o momento é de dar as mãos aos empresários mineiros. “Muitos tiveram seus negócios encerrados e outros estão na iminência de fechar. Acreditamos muito nessa iniciativa do Parlamento Mineiro para que a economia seja retomada para gerar emprego e renda.

Notícias relacionadas

Inscreva-se
Me avise:
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Mostrar todos os comentários
0
Deixe seu comentário para essa notícia!x