Prefeitura de Araxá propõe reajuste de 66% do vale-alimentação para servidores em 2022

Prefeitura de Araxá propõe reajuste de 66% do vale-alimentação para servidores em 2022

A Prefeitura de Araxá propôs o aumento do vale-alimentação dos servidores públicos concursados, contratados e comissionados da Administração Municipal Direta e Indireta. O projeto encaminhado para a Câmara Municipal de Araxá nesta quarta-feira (13) aumenta em R$ 200 o benefício a partir de janeiro próximo. 

Com um aumento superior a 66%, o vale-alimentação passa de R$ 300 para R$ 500. Ao todo, cerca de 4 mil servidores serão beneficiados com essa proposta, que será paga juntamente com a remuneração mensal (salário) de cada funcionário público. 

A expectativa da Administração Municipal era conceder o reajuste já no início deste ano. Porém, de acordo com a lei federal, União, Estados e os municípios afetados pela calamidade pública decorrente da pandemia da Covid-19 ficam proibidos, até 31 de dezembro de 2021, de conceder, a qualquer título, vantagem, aumento, reajuste ou adequação de remuneração a membros de Poder ou de órgão, servidores e empregados públicos e militares. 

De acordo com o prefeito Robson Magela, o projeto tem como objetivo a valorização da categoria. “O servidor público de Araxá precisa ser valorizado e, principalmente, ter condições de executar o trabalho que a população necessita. São anos de salários defasados, benefícios não concedidos e falta de estrutura. Infelizmente, não podemos executar nossos projetos já neste ano devido à pandemia. Mas, já queremos deixar assegurado alguns deles e um vale-alimentação justo é o primeiro deles. Esse reconhecimento do servidor é de fundamental importância e também uma reivindicação de todos os nossos vereadores”, afirma o prefeito. 

Auxílio-financeiro para servidores inativos 

Outros 950 servidores aposentados e pensionistas da Prefeitura de Araxá e do Instituto de Previdência Municipal de Araxá (Iprema) também receberão um reajuste no auxílio-financeiro concedido pelo município. O benefício será no mesmo percentual do vale-alimentação concedido para os servidores ativos. Ou seja, o auxílio-financeiro passará de R$ 300 para R$ 500.

Notícias relacionadas

Inscreva-se
Me avise:
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Mostrar todos os comentários
0
Deixe seu comentário para essa notícia!x