Prefeitura entrega certificados para jovens do Pequeno Jardineiro

Prefeitura entrega certificados para jovens do Pequeno Jardineiro

Os jovens que participaram da segunda turma de 2018 do programa Casa do Pequeno Jardineiro receberam os certificados de conclusão nesta quarta-feira, 3, no Teatro Municipal de Araxá. Na mesma solenidade, houve o acolhimento aos adolescentes que vão participar da primeira turma de 2019. No governo do Prefeito Aracely de Paula, a oferta de vagas ampliou de 8 para 100, aumentando de 3 para quase 30, o número de colaboradores envolvidos no projeto. “Hoje celebramos a festa da grande Araxá onde os jovens que plantam flores, plantam também uma cidade nova, cheia de esperança cultivada na Casa do Pequeno Jardineiro. O programa proporciona uma grande transformação e o jovem que planta flores, não joga pedras. Tenham orgulho de dizer que plantando árvores e reformando jardins, vocês ajudaram a construir e transformar a cidade de Araxá”, destacou Aracely.

Desde o início da Administração, o Programa já atendeu quase 500 adolescentes de 14 a 18 anos, de famílias em situação de vulnerabilidade social, matriculados e frequentes na rede escolar. Esse ano a duração passa de 6 meses para um ano, uma revitalização apostando no potencial dos adolescentes. Eles recebem os conhecimentos amplos sobre meio ambiente e benefícios como bolsa aprendizado no valor de meio salário mínimo, alimentação, vale transporte, uniforme, equipamentos de proteção individual, assistência à família, atenção à saúde, acompanhamento psicológico social e escolar, participam de práticas de campo.

O secretário de Ação e Promoção Social, Moisés Cunha, informou que o Programa vem recebendo novos incrementos de gestores arrojados que ampliaram toda a estrutura. Adiantou que através da assessoria direta da Secretária de Governo, Lucimary Ávila, os adolescentes e suas famílias poderão frequentar os espaços de convivência social como o Centro Esportivo Álvaro Maneira (antigo ATC) e desfrutar das diversas atividades oferecidas no local. “Me orgulho em fazer parte dessa Administração que podendo tomar inúmeras decisões, investiu nesse Programa e confiou nos jovens. Digo aos novatos que se preparem para a transformação que vai acontecer na vida de vocês, com oportunidade de acesso ao trabalho, de aprender a trabalhar com renda mensal, de crescimento pessoal e profissional”, ressaltou Moisés.

A adolescente Caroline Bittencourt Ribeiro da Silva, conta que o Pequeno Jardineiro mudou a vida dela. “É um programa que muitas pessoas acham que é uma coisa e quando você começa descobre que é diferente, é muito melhor, os educadores te acolhem como pais e mães. Descobri que é disso que quero viver, também criei amizades para a vida toda”.

A coordenadora do Programa Edna Resende Campos, comentou que os jovens são sementes jogadas em terra fértil, regadas e podadas com muito amor, respeito e dedicação. “Vocês aprenderam a técnica de plantar, cuidar, colher e de viver, agora corram atrás dos seus sonhos, busquem conhecimento e sempre que possível expressem gratidão”. A presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, Cristiane Gonçalves Pereira, disse que é uma honra trabalhar com uma Administração parceira de projetos tão importantes, com pessoas comprometidas em trazer melhorias para o município. “Aos concluintes peço que tenham confiança e esperança em dias melhores. Para quem está começando, recomendo que estejam abertos para o aprendizado, levando para casa valores como, amor, responsabilidade e importância de uma família unida”.

A senhora Milene de Alcântara Bittencourt, foi escolhida para representar as famílias dos formandos. “A educação e a transformação promovida na vida das famílias possibilitam habilidades como responsabilidade, valorização pelo trabalho e respeito, caminhos para uma vida mais justa e mais próspera”. O adolescente João Vitor Morais, falou em nome dos formandos e expressou muito emocionado o que significou participar do Programa. “Sou grato por fazer parte da família CPJ, fiquei por 3 anos e aprendi muito, principalmente a dar início à minha independência financeira. Faço jardins pela cidade, complemento a renda da casa. Para os que estão entrando, digo que aproveitem e deem valor ao que aprenderem”, finalizou.

Notícias relacionadas

Inscreva-se
Me avise:
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Mostrar todos os comentários
0
Deixe seu comentário para essa notícia!x