Super banner
Super banner

Projeto “Prevenção e Enfrentamento à Violência Sexual Infantojuvenil” inicia suas ações em Araxá

Projeto “Prevenção e Enfrentamento à Violência Sexual Infantojuvenil” inicia suas ações em Araxá

Com o evento de abertura no Teatro Municipal de Araxá, deu-se início ao projeto com o intuito de criar ações de prevenção e confronto a situações de abuso sexual de crianças e adolescentes, no dia 26 de julho.

Com o crescente número de casos de violência sexual infantojuvenil na cidade, o projeto vem para arrebatar essas estatísticas. “O número de violência sexual contra crianças e adolescentes em Araxá vem aumentando nos últimos anos. Em 2017, o conselho tutelar registrou 10 ocorrências noticiando violência sexual contra crianças e adolescentes. Até junho de 2018, o órgão já registrou 30 notificações”, relata a promotora de justiça Dra. Mara Lucia Dourado.

Assim, tendo em vista a parceria de várias entidades, sendo estas o Centro de Formação Profissional Julio Dário, a Fundação de Assistência à Mulher Araxaense (FAMA), a Casa de Nazaré e o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), o projeto propõe o enfrentamento a essa problemática pelas mais distintas ações.

A Fundação da Mulher Araxaense (FAMA), realizará a contação da história “O Segredo da Tartanina” e, também, fará a capacitação e supervisão técnica de profissionais da rede de proteção à criança e ao adolescente de Araxá.

O Centro de Formação Profissional Júlio Dário é o responsável pela campanha “Todos contra o abuso sexual infantojuvenil – Denuncie”, além de promover rodas de conversas, apresentações teatrais, encontros terapêuticos e atendimentos às famílias em vulnerabilidade.

Por fim, a Casa de Nazaré efetuará caminhadas e maratonas contra a violência infantojuvenil, criação de um game pedagógico para crianças e adolescentes, flash mobs e rodas de conversa com as famílias atendidas pelos Centros de Referência de Assistência Social.

O evento de abertura contou com a apresentação de um vídeo da campanha e de um videoclipe, com a música composta por Allan Tannús, e a participação de diversos outros artistas araxaenses. Tudo de maneira voluntária, já que os artistas dispensaram seu cachê em prol dos benefícios comunitários do projeto.

Quem esteve presente, pôde visualizar depoimentos em vídeos de profissionais envolvidos na causa contra a violência sexual de crianças e adolescentes, como a psicóloga Ana Laura Teotônio, a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, CMDCA, Cristiane Gonçalves, o juiz de direito Dr. Renato Zupo, a promotora de justiça Dra. Mara Lucia Dourado e a conselheira tutelar Doriane Ribeiro.

Além disso, foram levantas inúmeras reflexões por meio da palestra com a especialista no enfrentamento à violência doméstica contra criança e adolescente e doutora em psicologia, Eleusa Gallo Rosenburg. O tema da discussão concentrou-se em como a sociedade pode dizer “pare” frente à violência sexual contra a criança e ao adolescente.

Em sua primeira ação o projeto “Prevenção e Enfrentamento à Violência Sexual Infantojuvenil” mobilizou várias pessoas para uma caminhada pela manhã da sexta-feira, 27/07, saindo do Estádio Fausto Alvim até a Praça da Igreja Matriz.

A promotora de justiça Dra. Mara Lucia Dourado ainda afirma que não se deve apenas acender o alerta de toda a rede de proteção à infância e adolescência, mas de toda a comunidade. “A lei diz expressamente que a defesa de crianças e adolescentes é um dever do Estado, da família, mas também, da sociedade” afirma.

Dessa forma, é essencial que toda a comunidade esteja atentamente engajada no enfrentamento de situações que coloquem jovens em riso e, assim, possamos proteger nossas crianças.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *