Super banner
Super banner

Tecelãs da Fundação Cultural Calmon Barreto recebem homenagem especial

Tecelãs da Fundação Cultural Calmon Barreto recebem homenagem especial

Com o intuito de manter viva a tradição da tecelagem e valorizar as pessoas que dedicaram suas vidas nesta profissão, a Fundação Cultural Calmon Barreto (FCCB) promoveu uma homenagem para 14 tecelãs que atuaram ou atuam no Ateliê de Tecelagem “Hermantina Drummond”, nesta sexta-feira (20). O evento contou com a presença do prefeito de Araxá, Robson Magela.

Estiveram presentes ainda a presidente da FCCB, Cynthia Verçosa, a coordenadora do Ateliê de Tecelagem, Adelina Menezes, familiares das tecelãs homenageadas, funcionários da FCCB e demais convidados.

Após uma cerimônia onde foi contada a história do ofício do tear mineiro em Araxá, as homenageadas receberam certificados como reconhecimento aos serviços prestados à fundação. A presidente Cynthia Verçosa, destaca a importância do momento.

“Homenageamos profissionais que fazem parte da história da Fundação Cultural Calmon Barreto e que são muito importantes para a preservação e salvaguarda da tecelagem em Araxá. Algumas delas trabalharam no ateliê por mais de 30 anos. Já outras ainda continuam aqui mantendo vivo este ofício. É muito válido que elas tenham este reconhecimento”, ressalta.

Tecelã há quase 30 anos, Maria do Carmo de Castro, carinhosamente conhecida como Carminha, fala da alegria em ter participado junto com as colegas de profissão de um momento tão especial e marcante.

“A palavra é gratidão! A nossa dedicação é enorme, e ser reconhecida pela Administração Municipal nos deixa ainda mais feliz. Sou tecelã desde janeiro de 1995 e jamais esperava um reconhecimento como este. Vivemos um momento maravilhoso, passa um filme em nossa cabeça após tantos anos de trabalho e estou sem palavras para expressar o que eu senti, é muito gratificante”, afirma.

O prefeito Robson Magela, que participou da entrega dos certificados, destaca o trabalho das artesãs e o talento singular de cada uma.

“Cada uma das homenageadas realiza um papel extraordinário na sociedade através da arte, fazem parte da história de Araxá. Suas mãos podem ser sinônimo de amor, aconchego e alegria, como vimos durante a homenagem. A valorização de cada uma, com certeza, é mais que merecida”, reitera.

Homenageadas

– Benedita Maria de Morais Araújo
– Celina Aparecida Ferreira
– Irene Teodora dos Reis
– Marcelina Alves Fernandes
– Maria Aparecida de Castro
– Maria Auxiliadora Borges
– Maria do Carmo de Castro
– Maria Helena de Oliveira
– Maria Ivanilda Manoel
– Olivia Mara Borges
– Regina Maria Pereira
– Solange Aparecida Borges
– Sueli do Carmo Ferreira Silva
– Teresinha das Graças Ferreira Duarte

Notícias relacionadas

Inscreva-se
Me avise:
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Mostrar todos os comentários
0
Deixe seu comentário para essa notícia!x