Jeová Moreira estipula recesso de fim de ano aos servidores

Jeová Moreira estipula recesso de fim de ano aos servidores

O prefeito Jeová Moreira da Costa estipulou um recesso de 20 a 30 de dezembro aos servidores municipais. A Paralisação da Reflexão, como está sendo chamada pelo prefeito o recesso, visa dar um descanso aos trabalhadores e deixar com que eles reflitam sobre seu desempenho no setor público, segundo o prefeito.

Para que os setores de atendimento ao público não fiquem fechados, acontece um rodízio entre os servidores. A expectativa é que cada área trabalhe em média com apenas 40% do número total de funcionários.

Os secretários municipais e chefes de setores são responsáveis pela escala de plantão dos serviços públicos para que a paralisação não prejudique o atendimento a população. De acordo com o prefeito, a ideia é estimular o funcionário público.

“O servidor é o patrimônio maior da nossa cidade e nada melhor que valorizá-los. Portanto, planejamos dez dias de recesso de fim de ano para que todos os nossos colaboradores reflitam e sentem seu trabalho, sua importância para a comunidade e qual sua função dentro do setor. Acreditamos que essa proposta vai fazer bem para todos e é fundamental para que começamos 2010 com muito trabalho”, diz.

Segundo ele, a melhor forma de executar a Paralisação da Reflexão ainda está sendo estudada. “As atividades da prefeitura continua, todos os setores vão continuar prestando serviço à comunidade, mas de uma maneira reduzida. Cada área vai fazer sua reflexão e como melhorar o serviço prestado à população.

Vai ser feita uma espécie de rodízio, enquanto uma equipe trabalha a outra fica em casa descasando, mas todos os servidores vão ser beneficiados com a paralisação. Queremos colocar para todas as famílias de Araxá, o amor, o seu fortalecimento, a paz, a esperança e que o futuro seja próspero para todos nós”, ressalta.

Jeová informa que o recesso do fim de ano em prefeituras é uma estratégia nova que busca melhorias para a cidade. “Vamos tentar buscar a individualidade de cada um, o servidor tem que estar consciente do seu valor e da sua importância no relacionamento com o outro e isto significa o relacionamento de equipe. Cada secretaria municipal vai definir a maneira de funcionar nesse período de reflexão. A prefeitura vai funcionar normalmente, com plantão para não prejudicar o atendimento à população”, informa.

O prefeito ressalta que nenhuma área vai ficar sem funcionar. “É bom deixar claro que ninguém será prejudicado, pelo contrário, a comunidade vai ganhar porque aquelas pessoas que atendem o público vão perceber o valor que cada um tem dentro do governo Jeová. Uma cidade se caracteriza não pela suas obras, mas sim pelas pessoas que ali vive e o servidor público é o maior colaborador que nós temos. Entendemos que dez dias de reflexão será de grande benefício para todos”, destaca Jeová.

Notícias relacionadas