Uniaraxá representa Minas nos maiores festivais de dança do país

Uniaraxá representa Minas nos maiores festivais de dança do país

O Centro Universitário do Planalto de Araxá (Uniaraxá) foi destaque internacional no último mês pela excepcional performance da sua Companhia de Dança, demonstrada nos maiores eventos da dança realizados no Brasil – o 9º Festival Internacional de Hip Hop, em Curitiba, e o 28º Festival de Dança de Joinville (SC). A Cia de Dança é um projeto mantido pelo Setor de Extensão do Uniaraxá, que contempla propostas culturais e sociais envolvendo crianças e adolescentes, propondo educação integral e dando-lhes oportunidades para estruturarem o seu projeto de vida.

O 9º Festival Internacional de Hip Hop aconteceu em Curitiba nos dias 2 a 4 de julho, na Estação Convention Center. Foram milhares de inscrições para participar deste que é considerado o maior espetáculo de dança de toda América Latina. Apenas os grupos consagrados foram selecionados, sendo que em Minas Gerais foram classificados somente a Companhia de Dança Uniaraxá e um grupo de Belo Horizonte. A Cia concorreu na categoria mais avançada, com os 39 melhores grupos de hip hop, e obteve o 14º lugar. O Festival Internacional de Hip Hop contou com a presença de 1,3 mil dançarinos inscritos e uma circulação de público de cerca de 10 mil pessoas entre feira de produtos, apresentações e cursos.

Companhias de 21 Estados brasileiros e mais Argentina, Paraguai e Peru participaram do 28º Festival de Dança de Joinville (SC). Foram 134 grupos e 255 coreografias apresentadas em oito noites nos sete gêneros de dança do famoso Festival e a Cia de Dança Uniaraxá obteve a quarta colocação na modalidade hip hop, categoria Avançado, representando o Estado mineiro. Definitivamente, um marco na história da Dança em Araxá.

A coreógrafa Wanêssa Borges considerou ótimos os resultados obtidos devido ao altíssimo nível dos festivais disputados entre grupos que são top no cenário hip hop e que têm total apoio para difusão da modalidade.

“A nossa companhia marcou presença e recebeu vários elogios de grandes nomes do hip hop e o respeito de quem realmente entende de dança”, afirmou a professora.

A globalização da dança

A dança é um componente histórico da civilização. É arte, cultura, saúde, disciplina. Mais do que entretenimento, é história e reflexão. Ela só traz benefícios. Divulgá-la com mais intensidade fará com que todos saiam ganhando e esta é a finalidade dos espetáculos e competições do gênero. A Cia de Dança Uniaraxá, coordenada pelos professores Gildo Alves e Wanêssa Borges, já conquistou mais de 60 troféus nos seus cinco anos de existência e centenas de apresentações.

No Festival de Curitiba, Wanêssa participou de workshops com profissionais renomados do mundo hip hop da atualidade, entre eles três internacionais.

Marty Kudelka, que já trabalhou com artistas famosos como Justin Timberlake e Janet Jackson, Katherine Mcphee, Christina Milian, Pink, Jennifer Lopez, Mandy Moore e Mariah Carey.

Jun Quemado, dançarino e coreógrafo do Programa America Best Dance Crew – Season 3, que coreografa diversos artistas de renome e é também membro titular do time de professores das academias Millennium, Debbie Reynolds e The Edge, nos Estado Unidos.

Frank Ejara, fundador da Cia Discípulos do Ritmo e pesquisador sobre todos os elementos da cultura hip hop, principalmente no que diz respeito às danças urbanas, um ícone para o movimento hip hop. Rodrigo Soninho, coreógrafo-assistente do Xstyle Dance Company, coreógrafo da Under Crew, organizador da Batalha Urbana SPDRJ, membro do grupo de estudos da cultura hip hop do SPDRJ (GEDU) e pesquisador de danças urbanas há dez anos.

“Muito mais que aprender técnicas e conquistar as primeiras classificações, esse tipo de segmento proporciona intercâmbios nacionais e internacionais incríveis. A participação da Cia de Dança Uniaraxá nos festivais foi enriquecedora. Mostrar a cultura da nossa cidade é um compromisso de todos que levam esse movimento a sério e com profissionalismo”, disse Wanêssa.

“As viagens e os contatos com outros adeptos da nossa prática fazem com que os bailarinos tenham uma visão incansável de crescimento, tanto moral quanto profissional. A Companhia de Dança Uniaraxá é um grupo sério, que tem levado a cultura e a arte a crianças e jovens, mostrando que Araxá possui grandes talentos, reconhecidos internacionalmente. Tivemos, nesta última oportunidade, a honra de representar nosso Estado no Festival de Dança de Joinville como o único grupo de hip hop na competição”, comemorou a coreógrafa.

A Cia de Dança contou com o apoio dos patrocinadores – Fundação Cultural de Araxá, Uniaraxá, CBMM, Padaria Pão Nosso e Prefeitura de Araxá.

Notícias relacionadas