Super banner
Super banner

Araxá é incluída no programa Olho Vivo

Araxá é incluída no programa Olho Vivo

Bosco - Olho Vivo

A partir da agora, o município de Araxá está incluído na lista de cidades que receberão câmeras de monitoramento do programa Olho Vivo. Foi esse o anúncio que o secretário de Estado de Governo, Danilo de Castro, fez ao deputado Bosco (PTdoB) na noite desta quarta-feira (3). A princípio, Araxá não estava na lista de 18 cidades que receberão os equipamentos de videomonitoramento. No entanto, por intensa articulação do deputado junto ao governo, o município será contemplado.

No mês de abril, Bosco se reuniu com o secretário de Defesa Social, Rômulo Ferraz, para tratar de assuntos referentes à segurança de Araxá. Também participaram o vereador Sargento Amilton (PTdoB); o presidente do Conselho Municipal de Segurança Pública (Consep) de Araxá, Valter José das Neves; o empresário Antônio Nogueira de Lima, representando a Associação Comercial e Industrial de Araxá (Acia); o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Araxá, Emílio Neumann; e o chefe de gabinete do deputado Bosco, Élvio Bertoni, delegado aposentado da Polícia Civil. Na audiência, o secretário Rômulo informou que Araxá não estava entre as cidades contempladas pelo Olho Vivo.

O deputado, então, enviou ofício ao vice-governador de Minas Gerais, Alberto Pinto Coelho, solicitando a inclusão de Araxá no grupo de cidades beneficiadas com os equipamentos de videomonitoramento. O pleito também foi apresentado ao governador Antonio Anastasia e o secretário Rômulo Ferraz, que apontou a possibilidade de atendimento à solicitação do deputado. Para o parlamentar, a inclusão da cidade vem em momento estratégico “uma vez que Araxá vem sofrendo com o índice crescente e preocupante da criminalidade, com a ocorrência de crimes violentos contra o patrimônio além de diversos crimes contra a vida”.

Com investimentos de R$ 31 milhões, 19 municípios mineiros receberão novas câmeras do Olho Vivo já no segundo semestre deste ano. Das cidades contempladas, 17 receberão os equipamentos pela primeira vez e duas terão o número de câmeras ampliadas. Os municípios que receberão as câmeras pela primeira vez são Araxá, Contagem, Juiz de Fora, Ribeirão das Neves, Betim, Divinópolis, Patos de Minas, Teófilo Otoni, Janaúba, Passos, Paracatu, Unaí, Nova Lima, Ituiutaba, Araguari, Pouso Alegre e Uberaba. Já Uberlândia e Montes Claros terão ampliados o número de câmeras. Contando com as câmeras instaladas em Belo Horizonte, os investimentos totalizam R$ 50 milhões somente este ano.

Notícias relacionadas