Araxá prorroga medidas de restrições por mais 10 dias

Araxá prorroga medidas de restrições por mais 10 dias

A Prefeitura de Araxá prorrogou nesta quarta-feira (9) o decreto municipal que estipula regras do funcionamento do comércio e medidas de restrição por mais 10 dias. O município também acrescentou novas regras que visam frear o aumento no número de casos de coronavírus na cidade.

O decreto municipal tem como principais medidas o toque de recolher diariamente a partir das 21h até 5h, a proibição de qualquer tipo de reunião com mais de 9 pessoas e a proibição do consumo de bebidas alcoólicas em qualquer estabelecimento. O Parque do Cristo e o Complexo Hidromineral do Barreiro permanecem fechados para evitar aglomerações.

Além das restrições que estão em vigor desde o dia 31 de maio, foram acrescidas as seguintes medidas.

Os cultos religiosos poderão funcionar diariamente até às 20h, obedecendo a lotação máxima de 30% da capacidade da estrutura da entidade e ao protocolo de biossegurança aprovado pela Vigilância Sanitária.

As padarias poderão funcionar até às 20h com atendimento aos clientes no local mediante a distribuição de senhas, de forma a permitir o acesso ao interior do estabelecimento de, no máximo, cinco pessoas por vez, ficando proibido o consumo de alimentos e bebidas no local, independentemente do horário.

Está proibido a organização de excursões com a finalidade de lazer e turismo, sendo permitido, excepcionalmente, as excursões para aquisição de mercadorias com o intuito de abastecer o comércio popular araxaense, ficando a ocupação dos ônibus limitada a 50% da capacidade de passageiros.

A lotação do transporte público coletivo urbano de passageiros não poderá exceder a capacidade de pessoas sentadas e a empresa responsável pelo serviço deverá adotar as práticas sanitárias determinadas no decreto.

O decreto completo está disponível no site da Prefeitura de Araxá (www.araxa.mg.gov.br).

Notícias relacionadas

Inscreva-se
Me avise:
guest
1 Comentário
Novos
Antigos Mais votados
Comentários em linha
Mostrar todos os comentários
1
0
Deixe seu comentário para essa notícia!x