Araxá realiza mais um mutirão de castração e quer a causa animal como política pública

Araxá realiza mais um mutirão de castração e quer a causa animal como política pública

Transformar projetos e ações de interesse da população em políticas públicas é um dos objetivos de qualquer gestão municipal. E a causa animal tem ganhando cada vez mais espaço dentro do planejamento do município nos últimos meses. A Prefeitura de Araxá realiza mais um mutirão de castração de cães e gatos na cidade entre os dias 7 e 15 de dezembro. A expectativa é que o Castramóvel realize 500 procedimentos já agendados para atender animais recolhidos pelo canil e de tutores que possuem baixa renda.

O objetivo é dar atendimento veterinário a cães e gatos de rua e a donos que não podem pagar pelo serviço. A seleção dos animais que serão beneficiados aconteceu pelo registro no CadÚnico, registro que permite ao governo saber quem são e como vivem as famílias de baixa renda no país.  A ficha resumo do CadÚnico pode ser baixado por meio do aplicativo “Meu CadÚnico”, do site do Programa Social, e deve ser apresentado pelo tutor no dia agendado para castração do animal.

De acordo com o prefeito Robson Magela, o município avançará ainda mais na causa animal. “Infelizmente, assumimos o município com um serviço completamente desestruturado. E assim firmamos um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) para iniciar um processo de construção do trabalho, que passa pelos serviços do canil e implantação de outros projetos. Já avançamos muito neste ano, mesmo com a pandemia da Covid-19, e vamos estruturar ainda mais. A castração é só um dos serviços que vamos disponibilizar. Tem vários outros projetos da causa animal, várias ações com protetores animais, que vamos intensificar em 2022”, explica.

O prefeito lembra que importantes projetos já se transformaram em política pública neste ano. “Eu sempre falo que vaidade política é coisa do passado. E nós temos transformado projetos de interesse da população em política pública, programas que terão continuidade daqui 4, 8, 12 anos. A Família Acolhedora, o Renda Básica, Araxá Empreendedora e o Aluguel Social para Mulheres Vítimas de Violência são alguns exemplos. Para o próximo ano, um dos projetos que vamos abraçar é a causa animal. Um trabalho que é realizado por muita gente, por vários protetores, e que nunca tiveram apoio do poder público”, ressalta Robson.

Castramóvel

Segundo a coordenadora da Vigilância em Saúde, Leninha Severo, o Castramóvel realizará cerca de 80 atendimentos por dia de cães e gatos. “Essa etapa é um complemento do Termo de Ajuste de Conduta (TAC) assinado pelo município, onde precisamos castrar dois mil animais. Na primeira etapa, em julho passado, 1.5 mil animais foram castrados e agora vamos complementar esse número com mais 500 animais. Uma ação que foi possível por meio da emenda parlamentar do deputado federal Fred Costa e uma contrapartida da Prefeitura de Araxá”, conta Leninha.

Notícias relacionadas

Inscreva-se
Me avise:
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Mostrar todos os comentários
0
Deixe seu comentário para essa notícia!x