Atenção Secundária: conheça a estrutura de atendimentos na Rede Pública de Saúde em Araxá

Atenção Secundária: conheça a estrutura de atendimentos na Rede Pública de Saúde em Araxá

Mais de R$ 227 milhões investidos na Saúde de Araxá, apenas nos dois últimos anos. Essa é a nova realidade da Rede Pública de Saúde do Município que garante mais dignidade e qualidade de vida à comunidade. A Prefeitura de Araxá realiza ainda, um atendimento essencial na Atenção Especializada da cidade.

Essa atenção é dividida em dois elementos, Atenção Secundária e Terciária, que são, respectivamente, média e alta complexidade (Ambulatorial e Especializada Hospitalar).

A média complexidade ou secundária é composta por serviços especializados como exames e ambulatórios, bem como nas Unidades de Atendimento Emergencial 24 horas (AMEs) e Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e envolve atendimento direcionado para áreas de especialidades médicas.

Diferente da Atenção Primária, que orienta e resolve casos mais simples, a Atenção Secundária está apta para investigar possíveis causas dos sintomas em pacientes que demandam maior nível de cuidado. Caso o médico clínico da Estratégia de Saúde da Família (ESF) ou Unidade Básica de Saúde (UBS) tenha detectado alterações em determinado exame ou avaliação do paciente, que demandam maior atenção, ele irá indicar o indivíduo para um especialista na área pretendida da medicina, que fará a continuidade do atendimento. Este especialista está no nível secundário de atenção à saúde.

Atendimentos ambulatoriais de urgência e emergência 24 horas, consultas especializadas nas áreas de neurologia, ortopedia, urologia, mastologia, hematologia, otorrinolaringologia, endocrinologia, nefrologia, infectologia, dermatologia, cardiologia, angiologia, pneumologia, gastroenterologia, oftalmologia, ginecologia, psiquiatria, obstetrícia, pediatria, fisioterapia, fonoaudiologia, psicologia, assistência social, odontologia, Programa Interdisciplinar de Internação Domiciliar (PIID), exames de imagem eletivos e de urgência (endoscopias de urgência, colonoscopias de urgência, tomografia computadorizada, ultrassonografias, mamografias, radiografias), laboratoriais, eletrocardiograma, eletroencefalograma e ressonâncias de urgência são os serviços oferecidos para a população na Atenção Secundária.

Atualmente, quatro Unidades Básicas de Saúde ofertam os serviços de consulta especializada, além de um Laboratório Municipal, três laboratórios prestadores municipais e um serviço de imagem (para serviços de urgência e eletivos). Os atendimentos contemplam todos os ciclos de vida, desde o recém-nascido, o público infantil, juvenil, adulto e idoso.

Segundo dados de 2022, nas Unidades de Saúde foram realizados cerca de 4.700 atendimentos de média complexidade por mês. Através do PIID, uma média de 250 atendimentos mensais foram oferecidos. Já no Laboratório Municipal, foram entregues cerca de 2.000 exames por mês. No Setor de Imagens, 1.700 exames de imagem eletivo mensais foram realizados e na Rede de Urgência (AME Uninorte, AME Unileste e Unidade de Pronto Atendimento), o número médio de atendimentos mensal chegou a 12.299, envolvendo 305 profissionais e 119 médicos.

De acordo, com a coordenadora de Atenção Secundária, Carla Aparecida Alves Constant, infelizmente, por questões culturais, o usuário procura saber sobre os serviços públicos da Saúde somente quando se encontra com o processo de doença, e é de grande importância e necessidade, a gama de serviços e atendimentos que hoje são ofertados pelo Município.

“O ano de 2022 foi marcado pela inauguração dos dois AMEs 24 horas Unileste e Uninorte, que proporcionaram ampliação de atendimentos emergenciais de queixas verde e azul (pouco ou não urgentes), serviço de domingo a domingo e 24 horas, resultando em uma diminuição considerável na UPA e na quantidade de pacientes que ficavam aguardando atendimentos por horas. Com os AMEs, além da ampliação de locais de atendimento 24 horas, foi acrescido corpo clínico, equipe de enfermagem e assistencial, bem como de exames laboratoriais e de imagem de urgência”, afirma.

“Portanto, é notável o quanto está sendo investido na área da saúde como um todo, através de ampliação de serviços e profissionais médicos, bem como em projetos para melhoria de atendimento. Os níveis de atenção à saúde são extremamente importantes para a comunidade, em qualquer circunstância, mas principalmente, na promoção e prevenção de saúde. Quanto mais eficaz a prevenção, menor será a necessidade de utilização de serviços de média e alta complexidade”, alerta.

Carla ainda completa sobre a segurança proporcionada pela Saúde às famílias da cidade.

“Enquanto cidadã araxaense, é notável o quanto o Município vem se desenvolvendo e crescendo no que se refere a serviços de Saúde. E o mais importante, fico tranquila em saber que se eu ou alguém da minha família precisar de atendimento médico, estaremos contemplados com uma assistência de qualidade e resolutividade”, comemora.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *