Super banner
Super banner

Câmara cria comissão para atender reivindicações de servidores

Câmara cria comissão para atender reivindicações de servidores

Servidores da Câmara - Divulgação

Da Redação/Jorge Mourão – A Câmara Municipal de Araxá nomeou uma comissão de negociação que vai debater e apresentar reivindicações (referentes ao atual exercício) dos servidores da Casa junto à Mesa Diretora, com suporte do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Araxá e Região (Sinplalto).

O vereador Juninho da Farmácia (DEM), vice-presidente da Câmara, foi nomeado para compor a comissão juntamente com outros três servidores – Eliana D’Arc da Silva, Girlane Aparecida Guimarães Bittencourt e Vânia Silva de Paulo.

Um acordo já foi fechado para a antecipação da Data-Base dos servidores do Legislativo em função do período eleitoral que se aproxima, além da Casa já ter aprovado um projeto de resolução que recomposição salarial de 8% (4,5% de aumento real), durante reunião ordinária desta terça-feira (14).

Esse percentual foi solicitado pelo Sinplalto tendo em vista que a Câmara concedeu revisão anual nos três últimos anos, além de outros benefícios, como, por exemplo, o plano de cargos e salários.

Já em relação às próximas negociações, Juninho se diz confiante e destaca que vai ser uma questão trabalhada com tranquilidade. “Tivemos a honra de ser indicado pelo presidente Carlos Roberto Rosa, já que ele é sindicalista e preferiu não participar da comissão de negociação. E vamos negociar, não vamos ter dificuldades, pois a Câmara vem cumprindo o seu papel, como nos três anos passados em que parabenizamos o Roberto por isso e demais medidas. São ações que servem de exemplo para outras gestões públicas”, afirma.

Sobre as negociações a serem debatidas, o presidente do Sinplalto, Hely Aires, destaca que a maioria das reivindicações será definida pelos servidores. “Vamos tratar, por exemplo, sobre a parceria e participação da Câmara no plano de saúde Odontoprev e Prontomed. Temos cerca de 20 servidores do Legislativo (mais os dependentes) que utilizam o plano e temos escutado muitos elogios quanto ao atendimento. Acredito que a participação da Câmara neste projeto seria muito válida.”

Vereadores têm aumento de 5,49%

A Casa também aprovou o reajuste de 5,49% para o vencimento bruto dos vereadores, que passa de R$ 5.493,06 para 5.794,63. O aumento é baseado no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) referente aos últimos 12 meses.

Mais 20 cargos de assessoria são criados

Outra proposta aprovada cria 10 cargos para Assessor Comunitário I e outros 10 cargos para Assessor Comunitário II, com salários de R$ 640 e R$ 1.050, respectivamente, sendo dois assessores por gabinete. De acordo com Roberto, os novos cargos vão contribuir para uma maior atuação dos vereadores junto à comunidade.

Notícias relacionadas