Super banner
Super banner

CBMM fecha parceria para inovar no mercado automotivo

CBMM fecha parceria para inovar no mercado automotivo

A CBMM, líder global em produtos de Nióbio, a ArcelorMittal, uma das maiores produtoras de aço do mundo, a Stellantis, antiga Fiat Chrysler Automobiles (FCA), e o Centro de Inovação Tecnológica (CIT) SENAI/FIEMG firmaram uma parceria inédita para o desenvolvimento de tecnologias avançadas para a indústria automotiva.

Com investimento total de R$ 1,2 milhão, o projeto terá duração de dois anos e prevê a utilização de aço microligado ao Nióbio nos painéis externos dos veículos com o objetivo de obter carros com melhor desempenho e eficiência energética.

Os pesquisadores do Instituto SENAI de Inovação em Metalurgia e Ligas Especiais, em Minas Gerais, serão responsáveis pelo desenvolvimento do projeto com a execução de simulações e testes mecânicos de um novo tipo de aço, mais resistente e leve, para uso em automóveis fabricados no Brasil.

A CBMM dará o suporte tecnológico, com foco nas aplicações de nióbio que garantem a otimização conjunta das propriedades de resistência, ductilidade e tenacidade ao aço. Já a ArcelorMittal será a empresa que irá produzir e fornecer esse material para as indústrias automotivas. E a Stellantis aplicará o aço na linha de produção de seus veículos, estabelecendo requisitos de qualidade rigorosos.

“Entendemos que essa parceria também representa uma excelente oportunidade para fomentar novos desenvolvimentos tecnológicos no segmento automotivo no Brasil”, afirmou Paulo Haddad, gerente de Desenvolvimento de Mercado da CBMM.

As empresas esperam, ao final dos dois anos, consolidar no mercado um produto nobre 100% brasileiro, que fortaleça todo o parque industrial nacional.

Sobre a CBMM

Líder mundial na produção e comercialização de produtos de Nióbio, a CBMM possui mais de 400 clientes, em mais de 40 países. Sediada no Brasil, com escritórios e subsidiárias na China, Países Baixos, Singapura, Suíça e Estados Unidos, a companhia fornece produtos e tecnologia de ponta aos setores de infraestrutura, mobilidade, aeronáutico e energia. Fundada em 1955, em Araxá, Minas Gerais, a CBMM conta com um programa de tecnologia que amplia as aplicações do Nióbio e contribui para o crescimento e diversificação deste mercado. Em 2019, a companhia investiu na 2DM, empresa com sede em Singapura, dedicada à produção de Grafeno.

Notícias relacionadas

Inscreva-se
Me avise:
guest
1 Comentário
Novos
Antigos Mais votados
Comentários em linha
Mostrar todos os comentários
1
0
Deixe seu comentário para essa notícia!x