Super banner
Super banner

Dínamo e Tigrão empatam em jogo pegado

Dínamo e Tigrão empatam em jogo pegado

Jogo de muitas faltas e poucos lances de gol / Foto: Caio Aureliano

Da Redação – Neste domingo (15), Dínamo e Tigrão jogaram no estádio municipal Fausto Alvim pela 8ª rodada do Campeonato Amador. A tônica da partida foi de muita marcação e poucos lances de perigo o que resultou em um empate sem gols. Com o 0 a 0, o Dínamo foi para 4° lugar com 16 pontos enquanto que o Tigrão soma 14 pontos e está na 6ª colocação.

Primeiro tempo ‘pegado’

Os jogadores de Dínamo e Tigrão proporcionaram poucos lances de perigo para os torcedores na primeira etapa. O confronto foi muito ‘pegado’ com o árbitro Weslei Elias tendo que distribuir 6 cartões amarelos para conter o ímpeto dos atletas. Mesmo com essa atitude, o que sobrou para juiz foi a reclamação de sua atuação no primeiro tempo que desagradou ambos os lados.

As jogadas de bola parada foram o triunfo de Dínamo e Tigrão para assustar os adversários. Logo aos 7 minutos, Pelé cobrou falta para área e Victor apareceu sozinho,mas não conseguiu tocar. O atacante do Dínamo iria ser o protagonista de mais um lance perigoso no jogo aos 27 minutos. Em mais um escanteio, Victor subiu para cabecear, mas não tocou com a bola passando por todo mundo dentro da área.

A partir dos 30 minutos, o Tigrão equilibrou a partida e também quase abriu o placar. Depois da cobrança da falta, a bola sobrou livre para Augusto Toda que chutou forte por cima do gol. Na única jogada sem ser de bola parada e a última do primeiro tempo, Gilson limpou o marcador e chutou de fora da área para a grande defesa do goleiro Ednei.

Em um primeiro tempo onde os jogadores que têm a função de marcar como Igão, Augusto Thoda, Igor Goiaba, dentre outros atletas se destacaram mais que os armadores e ataques das duas equipes.

Empate consumado

O jogo ainda continuou com muita marcação e poucas jogadas de perigo de Dínamo e Tigrão. Diferentemente da primeira etapa, o segundo tempo começou com uma chance desperdiçada pelo Tigrão aos 4 minutos. Serginho fez o cruzamento na cabeça de Dedé que tocou por cima do travessão. O Tigrão tentou novamente abrir o marcador com Elvinho, em chute da entrada da área, que o goleiro Ednei fez uma grande defesa.

Já o Dínamo assustou somente uma vez com a finalização de Pelé que recebeu dentro da área e chutou forte, mas para fora. Como ninguém conseguiu aproveitar as poucas chances do jogo, Dínamo e Tigrão ficaram no empate em 0 a 0.

Ficha técnica

Dínamo: Ednei; Dunguinha (Zé Mario), Anderson, Igão e Kelvin; Dalmer, Caio Xaropinho, Liniker e Kanydia (Wanderson); Pelé e Victor. Treinador: Fernando Guimarães.

Tigrão: Arlem; Filhão, Igor Goiaba, Alan e Douglas Silva; Cafu, Augusto Thoda, Gilson e Dedé; Elvinho e Serginho. Treinador: Edvaldo Pelanca.

Arbitragem: Weslei Elias, auxiliado por Sebastião Aparecido e Pedro Caetano.

Cartões amarelos: Dunguinha, Anderson, Kelvin, Caio Xaropinho, Liniker e Pelé (Dínamo); Igor Goiaba, Cafu, Serginho e Gilson (Tigrão).

Resultados 8ª rodada Amadorão

Operário 3×4 Santa Terezinha – Oacisto Teixeira

Palmeri 1×0 Caiçara – Oacisto Teixeira

Estância 1×4 Ipiranga – Ernesto Duílio Stefani

Ferrocarril 1×3 GEF – Ernesto Duílio Stefani

Guarani 3×3 Ferroviário – Santa Terezinha

Internacional 3×0 Vila Nova – Chácara Dona Adélia

Grei 2×2 CIT – Estádio Industrial Vicente Lobo

Dínamo 0x0 Tigrão – Fausto Alvim

Notícias relacionadas