Super banner
Super banner

Eleições 2012: TSE disponibiliza informações sobre candidatos

Eleições 2012: TSE disponibiliza informações sobre candidatos

Aracely, Jeová e Toninho Barbosão - Fotos: Diário de Araxá

Da Redação/Isabella Lima – A página do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na internet disponibilizou o link DivulgaCand 2012 em que os partidos políticos, coligações, candidatos e a população podem se informar sobre a quantidade e os dados dos candidatos que vão concorrer a prefeito, vice-prefeito e vereador nas Eleições 2012.

Pelo link é possível consultar o número de candidaturas por município e por cargo, verificar a situação do pedido de registro do candidato e pesquisar informações repassadas à Justiça Eleitoral, como a declaração de bens do candidato, consulta a certidões criminais e previsão de gastos de campanha.

Em Araxá, os três candidatos a prefeito e vice e todos os 159 candidatos a vereador estão aptos a participarem da disputa eleitoral.

A média é de pouco mais 10 concorrentes para cada uma das 15 vagas na Câmara Municipal. Na atual legislatura, oito vereadores tentam a reeleição – Carlos Roberto Rosa (PP), Juninho da Farmácia (DEM), Mateus Vaz de Resende (DEM), José Domingos Vaz (PDT), César Romero Garrado (PR), Márcio de Paula (PR), Marco Antonio Rios (PSDB) e Pezão (PMDB). Lídia Jordão e Edna Castro são candidatas a vice nas chapas de Aracely de Paula e Jeová Moreira da Costa, respectivamente.

Dos 159 candidatos, 50 possuem graduação de ensino superior, enquanto 25 não têm o ensino fundamental completo (até o 9º ano). 70% são homens e apenas 30% mulheres. A idade média é dos 45 aos 59 anos.

Na disputa para a prefeitura, a coligação Unidos Nós Podemos, que tem como candidato o deputado federal Aracely de Paula (PR), registrou gastos de R$ 3,5 milhões na campanha.

O petista Toninho Barbosão, que tem o ex-prefeito Waldir Benevides de Ávila (PSB) como vice, da coligação Sou mais Araxá, registrou gastos de R$ 2 milhões.

Na coligação Araxá em Boas Mãos, do atual prefeito Jeová Moreira da Costa (PDT), registraram gastos de R$ 1,5 milhão.

O sistema está disponibilizado na internet para todos os cidadãos. Para acessá-lo não há necessidade de cadastro prévio ou autenticação de usuário.

Notícias relacionadas