Super banner
Super banner

Federaminas leva missão de MPEs a convenção de varejo em Nova York

Federaminas leva missão de MPEs a convenção de varejo em Nova York

Federaminas

Cerca de 30 empresários de municípios localizados em diferentes regiões mineiras formam comitiva da Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado de Minas Gerais (Federaminas) que embarca nesta sexta-feira, dia 9, no aeroporto de Confins para participar em Nova York (EUA) da Big Show NRF 2015, promovida pela National Retail Federation, considerado o maior evento do varejo mundial.

A comitiva de dirigentes de micro e pequenas empresas, liderada pelo presidente da Federaminas, Emílio Parolini, depois do evento na cidade norte-americana, participa de visita à Zona Franca de Colon, no Panamá, considerada a segunda maior área de livre comércio do mundo, retornando ao Brasil no dia 18 de janeiro. A delegação é constituída de empresários das cidades de Ituiutaba, Araxá, Conceição do Mato Dentro, Taiobeiras, Ipatinga, Alfenas e Belo Horizonte.

NRF – Focada inteiramente no varejo, a convenção da NRF propicia informações, conhecimentos e inovações importantes para o futuro dos negócios do setor. Além de executivos com atuação nos mercados varejistas, o evento recebe representantes de áreas coligadas, como indústrias em geral, instituições financeiras, operadores logísticos e prestadores de serviços de todos os tipos, formatos e soluções.

A programação dos empresários em Nova York abrange palestras técnicas, workshops, exposição de produtos e serviços e visitas a grandes organizações, tendo o assessoramento do Grupo Baumann, de São Paulo, parceira da Federaminas em missões internacionais. A convenção da NRF conta com palestras de grandes nomes dos cenários político e empresarial mundiais.

Para o presidente da Federaminas, Emílio Parolini, a participação de micro e pequenas empresas mineiras no evento é importante para que os empresários tomem conhecimento de tendências e novidades para o varejo mundial, o que contribui para que os seus negócios se alinhem com o que há de mais avançado em termos de comercialização e gerenciamento no setor.

O líder classista também chama a atenção para a presença dos mineiros na Zona Franca de Colon, localizada na entrada do Canal do Panamá. Nessa área de livre comércio, os empresários podem adquirir mix de produtos na quantidade desejada e despachá-los para o Brasil em um só contêiner, em menos de 24 horas.

Assessoria de Comunicação da Federaminas

Notícias relacionadas