Super banner
Super banner

GEF goleia e assume a ponta

Na manhã de hoje (24), no campo da AEF, o GEF goleou o Internacional por 4 a 0 e assumiu a liderança da segunda fase do Campeonato Amador. O Inter teve dois jogadores expulsos e a partida ficou paralisada por mais de 10 minutos, até que o árbitro tivesse segurança para dar continuidade ao jogo, por se sentir ameaçado pelos jogadores do tricolor.

Classificação e tabela da 1ª Divisão

Classificação e tabela da 2ª Divisão

Erro da arbitragem e confusão

A partida já começou quente. Aos três minutos a defensiva do Internacional deu mole e Rodrigo, cara a cara com Alencar, chutou fraco para a defesa do goleiro. Sem Waltinho, Lazinho e Luizinho, presentes na última partida, o tricolor tinha dificuldades em se acertar em campo e viu a situação começar a ficar feia aos 25 minutos.

Em uma dividida normal de bola, o árbitro Amilton César acompanhou a marcação do auxiliar, José Roberto Chaves, e deu falta de Galego em cima de Alex Rodrigues. Na cobrança, Jean Dener encontrou Rodrigo livre na área para fazer 1 a 0, aos 26 minutos. No momento do gol, os jogadores ficaram na bronca com a arbitragem.

Três minutos depois, Galego, que já tinha cartão amarelo, derrubou Rodrigo na área e foi expulso. O camisa 7 do GEF, Lucas, foi para a cobrança e ampliou. Não conformado com a arbitragem, Kiko disse um palavrão para o auxiliar José Roberto Chaves, que por sua vez relatou ao árbitro. Quando Amilton iria aplicar o cartão vermelho ao jogador, começou a confusão e a partida só foi retomada após 12 minutos, com a chegada da Polícia Militar e a expulsão de Kiko.

GEF joga “pro gasto”

Com a vantagem numérica de dois jogadores o GEF não teve dificuldade em golear o Internacional. A contagem só não foi maior porque o goleiro Alencar fez duas grandes defesas. O Internacional até que tentou diminuir através de bolas paradas, mas o dia não era mesmo do tricolor. 

Os 13 minutos, Jean Dener recebeu passe pela esquerda e deixou Ariterlan em boas condições para marcar. O atacante teve calma e tocou na saída de Alencar, antes de ser substituído por Flaviano. O treinador Cláudio Macedo ainda alterou o GEF mais quatro vezes, pedindo que os jogadores não se acomodassem com o resultado.

Atendo às palavras de Cláudio, Ítalo entrou no lugar de Rafael e balançou as redes. Aos 41 minutos, Eré cobrou escanteio na medida para Ítalo, ele subiu mais que a zaga e cabeceou no ângulo esquerdo de Alencar para fechar a goleada de 4 a 0. O resultado deixou o GEF na liderança isolada na competição e garantiu os 100% de aproveitamento da equipe na segunda fase.

Ficha técnica

GEF: Robert, Rafael (Ítalo), Hélio, Dedé, Jean Dener (Eré); Timim, Marcos Júnior, Lucas, Alex (Serginho); Rodrigo (Neílton) e Ariterlan (Flaviano).
Treinador: Cláudio Macedo.

Internacional: Alencar, Daniel, Ademir (João Copasa), Galego, Kiko; Fernando, Jean, Serginho, Robson (Hamílton); Flávio (Heider) e Lucas.
Treinador: Saba.

Árbitro: Amílton César
Auxiliares: José Maria da Silva e José Roberto Chaves

Cartões amarelos: Ítalo, Hélio, Dedé, Lucas, Marcos Júnior e Rodrigo (GEF); Fernando, Flávio, Heider e Lucas (Internacional).

Cartões vermelhos: Galego e Kiko (Internacional)

Gols: Rodrigo, aos 26 minutos; Lucas, aos 29; Ariterlan, aos 13 minutos do 2º tempo e Ítalo, aos 41 minutos.

Notícias relacionadas