Super banner
Super banner

Governo de Minas quer contribuir para recuperação de museus em Araxá

Governo de Minas quer contribuir para recuperação de museus em Araxá

Secretaria de Estado de Cultura e Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig) manifestaram apoio à restauração do Museu histórico de Araxá Dona Beja e do Museu Sacro da Igreja de São Sebastião.

O secretário de Estado de Cultura, Angelo Oswaldo, e a diretora de Fomento à Indústria Criativa da Codemig, Fernanda Medeiros, sinalizaram positivamente quanto à disponibilidade do Governo de Minas em contribuir para a reforma do Museu Histórico de Araxá Dona Beja e do Museu Sacro da Igreja de São Sebastião. Esse foi o desdobramento da reunião promovida pelo deputado Bosco (PTdoB), juntamente da diretora da Fundação Cultural Calmon Barreto, Magaly Cunha, que esteve em Belo Horizonte para tratar do assunto. O engenheiro civil Eduardo Luis Coelho também participou do encontro realizado na Secretaria de Estado de Cultura, na manhã desta quinta-feira (04/02/016).

As dificuldades encontradas para viabilizar a restauração do prédio do Museu Dona Beja foram relatadas pela Magaly Cunha, uma vez que o imóvel pertence a particulares. “Conseguimos a concessão de cinco anos para elaborar o projeto, captar os recursos e executar as obras, o que é insuficiente”, avaliou. Nesse sentido, o secretário Angelo Oswaldo defendeu a desapropriação definitiva para solucionar o impasse. “A história de Araxá passa pela casa de Dona Beja, a recuperação daquele prédio é fundamental para o município”, disse. “Araxá só tem a ganhar com a recuperação de seus museus, arrecadando ICMS cultural e gerando turismo”, completou. Sobre a recuperação do Museu Sacro da Igreja São Sebastião, o secretário avaliou não haver grandes dificuldades, uma vez que o prédio é tombado pelo município.

Por fim, a diretora de Fomento à Indústria Criativa da Codemig, Fernanda Medeiros, destacou a necessidade de formalização do pedido de restauração dos museus, através de ofício a ser encaminhado pela Prefeitura Municipal de Araxá à Secretaria de Estado de Cultura e ao diretor-presidente da Codemig, Marco Antônio Castello Branco. Feito isso, segundo ela, a Codemig se compromete em avaliar a melhor forma de disponibilizar os recursos.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *