Super banner
Super banner

MP denuncia fraude na saúde envolvendo prefeitos de Tapira e Ibiá

MP denuncia fraude na saúde envolvendo prefeitos de Tapira e Ibiá

Os prefeitos de Tapira, Jeremias Raimundo Venâncio (PTB), e o de Ibiá, Paulo José da Silva (PSDB), são suspeitos, junto com mais 21 prefeitos mineiros, de participarem de um esquema de licitações para distribuição de medicamentos e materiais hospitalares fraudulento. Além dos 23 prefeitos, 34 empresas, 99 servidores e 45 empresários aumentam a lista de acusados. A denúncia foi feita pela Procuradoria Especializada em Crimes de Agentes Municipais do Ministério Público Estadual (MP). A Polícia Federal também investiga onze prefeitos destes prefeitos, acusados de desvio de verbas do Fundo de Participação dos Municípios, pela Operação Pasárgada.

Clique aqui para conferir a lista de prefeitos denunciados

Escutas telefônicas identificaram as irregularidades. O MP nomeou as investigações como Operação 40, em referência à porcentagem cobrada pelos acusados em cima das licitações. As investigações são feitas desde novembro de 2006, pelo procurador Evandro Manoel Senra Delgado. Além da fraude por licitação, o procurador denunciou todos por formação de quadrilha e falsidade ideológica, pela fraude ou adulteração de documentos para a montagem de licitações. O MP pediu a prisão preventiva de todos os 23 prefeitos.

Grande parte das cidades envolvidas é de pequeno porte. Quatorze por cento dos R$ 6.966.261 investigados, um total de R$ 986.929, foram desviados, segundo o MP, para o pagamento de “comissões”. Os medicamentos e materiais hospitalares não chegavam à população da maneira prevista e, em muitas das vezes, com a data de validade vencida ou sem rótulos nas embalagens.

Em Ibiá, ninguém foi localizado pelo Diário de Araxá para falar sobre o caso. Em Tapira, o assessor jurídico da prefeitura, Ênio Sávio Alves, diz ter tomado conhecimento do fato através da matéria publicada no Estado de Minas e que todos os documentos solicitados pela Justiça, foram repassados corretamente. Ainda segundo o assessor, os trabalhos para a defesa serão desempenhados durante esta semana.

Notícias relacionadas