Prefeitura de Araxá monta força-tarefa para atendimento aos danos causados pelo temporal

Prefeitura de Araxá monta força-tarefa para atendimento aos danos causados pelo temporal



A Prefeitura de Araxá está realizando uma força-tarefa para atendimento e apoio a moradores e pontos afetados pelo temporal ocorrido na tarde deste sábado (22).

A iniciativa reúne as Secretarias Municipais de Serviços Urbanos, de Ação Social e de Segurança Pública, além da Defesa Civil.

Até agora são mais de 40 chamados referentes a danos causados pela chuva forte, com árvores e muros caídos e casas destelhadas. O fornecimento de água e energia elétrica também foram prejudicados, principalmente na área central e setores Leste e Oeste.

O prefeito Robson Magela e o coordenador geral da Defesa Civil Municipal, vice-prefeito Mauro Chaves, e o secretário de Serviços Urbanos, Ricardo Alexandre da Silva (Kaká) prestaram apoio aos locais atingidos, junto com as equipes da prefeitura.

Já a Secretaria Municipal de Ação Social prestou atendimento às famílias que tiveram suas residências destelhadas ou alagadas. “Foi uma abordagem social. Entramos em contato com famílias e fizemos uma pesquisa se queriam acolhimento. Porém, eles já tinham uma rede de apoio de amigos ou familiares que ofereceram abrigo. Seguiremos monitorando as famílias”, explica a secretária Cristiane Gonçalves Pereira.

Na rua Pará, o alagamento da via e inundação do Córrego Grande afetou cinco famílias que ainda moram em áreas invadidas. Segundo Cristiane, são famílias que não aderiram à proposta da secretaria para a desocupação pacífica e ordenada, que abrangeu até o momento 42 famílias e evitou que um dano maior pudesse acontecer se estivessem local no momento do temporal.

O prefeito Robson Magela, que também participou da força-tarefa de limpeza da cidade, reforçou que qualquer ocorrência relacionada à chuva deve ser informada à Defesa Civil, através do 199 ou ao Corpo de Bombeiros, pelo 193.

“Seguimos monitorando alguns pontos de maior preocupação, como as ruas Maria Aparecida de Araújo, no bairro São Francisco e a rua José Carlos Braz no bairro Santa Maria. São ruas que margeiam córregos da cidade e que, correm risco de alagamento por causa do aumento do nível dos cursos d’água. Na segunda-feira, equipe da Secretaria de Ação Social seguirá com o trabalho de atendimento às famílias que sofreram danos ou que estão em áreas de risco”, explica o prefeito.

A força-tarefa continua em atuação nos próximos dias.

Notícias relacionadas

Inscreva-se
Me avise:
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Mostrar todos os comentários
0
Deixe seu comentário para essa notícia!x